2016/01/14

GoPro revela que vendas são "um desastre" e dá trambolhão na bolsa


Depois de um crescimento explosivo nos últimos anos, a GoPro revela que as vendas têm sido um desastre e que vai ter que despedir pessoal, levando a uma queda de 25% na bolsa.

Como os Portugueses bem sabem, tudo corre bem até ao momento em que é preciso apresentar as contas e descobrir-se quanto dinheiro há efectivamente, e quanto é "teoria". E no caso da GoPro a revelação foi de que a venda das suas câmaras tem estado muito abaixo do esperado (o lançamento da Hero4 foi considerado um verdadeiro flop), e que irá ser necessária uma reestruturação e o despedimento de cerca de 7% dos funcionários; com isso a fazer-se obviamente sentir na prestação das suas acções na bolsa (e também no das empresas directamente relacionadas, como fornecedores de componentes.)



Mais interessante será talvez traçar alguns paralelos. A GoPro tem sido considerado uma marca de referência nas action cams; mas embora todos a apreciem, no momento de comprar uma câmara deste tipo, quanto é que não optarão por comprar uma câmara de uma marca chinesa menos conhecida, por menos de metade do preço?

Se calhar, será apenas mais um exemplo de que as empresas "de referência" não podem fechar os olhos à concorrência low-cost que nos chega do outro lado do mundo. E a grande questão é se mesmo marcas como a Apple poderão continuar imunes a este efeito durante muito mais tempo. Embora a Apple continue a vender aos milhões e a ter "biliões" em caixa, o que é certo é que nos últimos meses já cortou na produção de iPhones... poderá esse ser o primeiro indício de que a Apple terá que enfrentar a inevitável questão do preço dos seus produtos? A ver vamos...

8 comentários:

  1. Com Xiaomi Yi Action cam a 65€ e que tem um nível e qualidade espetacular para o preço, é normal que isto se suceda. A Gopro que baixe um pouco os seus preços que volta a ter as vendas nos seus valores normais.

    ResponderEliminar
  2. Um facto interessante é que a Apple está a seguir o perfil inverso. A aumentar o preço dos seus produtos...

    ResponderEliminar
  3. A GoPro é sem dúvida alguma a referência neste tipo de produtos, e a Hero 4 Black é provavelmente o melhor que o dinheiro pode comprar.

    A questão é que apostou em novos produtos (o caso da Hero 4 Session) que não foram de encontro ao que era pedido pelos seus clientes. Sem bateria amovível com uma qualidade de imagem inferior a Hero 4 Silver, e a custar o mesmo (400€ +/-).
    Quem vai para uma GoPro vai pela qualidade de imagem, pelos acessórios e pela facilidade de encontrar baterias, carregadores, filtros, e tudo o resto. Tudo coisas em que a Session 4 peca por não ter ou não fazer.
    Tanto peca, que a GoPro voltou a baixar o preço, e agora compra-se uma Session 4 por 200€ (sim, metade do seu preço original).

    Se a isto juntarmos o facto de não terem estabilizador de imagem, como muitas Sony ou as Garmin, as coisas começam a ficar um pouco feias.

    BTW, quem pondera uma Yi Action não me parece que seja o mesmo tipo de cliente de uma GoPro convencional.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "BTW, quem pondera uma Yi Action não me parece que seja o mesmo tipo de cliente de uma GoPro convencional."

      O mesmo tipo de cliente é. Ainda não experimentou é o que uma faz a filmar em situações de luz mais complicadas versus a outra. Usem lá as chinesas em situações de luz forte de frente ou por exemplo na neve. Eu já experimentei e fiquei completamente desiludido. O barato sai caro e o que é bom custa dinheiro :P

      Eliminar
  4. Claro que a gopro tinha sempre grandes vendas durante estes últimos ano, porque foi sempre crescendo o numero de pessoas que ficaram interessadas neste tipo de produtos. Atualmente a maior parte da "população" já tem cameras de desporto em casa e tão cedo não estão a pensar em trocar por outras só porque a qualidade é ligeiramente maior e eu que o diga que tenho uma gopro silver 3 e não tenciono trocar por outra tão cedo. Depois claro uma marca só vende cameras de desporto não se safa, ainda por cima as marcas ditas "Chinesas" trazem a mesma qualidade a ao mesmo preço. A gopro pensava que os drones iam safar as vendas mas a dji criou logo uma alternativa ao usar as usas próprias cameras.

    ResponderEliminar
  5. Eles lançaram uma gopro de gama baixa o ano passado por 129€ o que me parece ser um valor mais razoável. No entanto os acessórios oficiais são absurdamente caros considerando o facto de que no ebay o mesmo acessório chega a custar -90%. A inclusão de OIS será fundamental no próximo modelo.

    ResponderEliminar
  6. Um bom exemplo para algumas empreas "abrirem os olhos sendo a Apple como refere o melhor exemplo disso. Ser uma "love brand" não é eterno e o consumidor cobra bem caro isso, escolhendo mais por menos euros...

    ResponderEliminar
  7. GoPro é UM produto, não uma empresa.

    A empresa não conseguiu destacar-se para além do produto de sucesso que lançou, como se advinhava, dezenas de clones com a mesma funcionalidade e caracteristicas emergiram.

    Poderiam ter a audácia de investir via aquisições em novidades... Mas parece-me que agora vai ser mais do mesmo (melhor resolução, memoria, processador) e dezenas de acessórios caros, até acabar por desaparecer.

    ResponderEliminar

[pub]