2016/01/31

O estranho caso da casa dos smartphones perdidos


Quem perder um smartphone nas imediações de Atlanta, tem grandes hipóteses de descobrir que os serviços de localização anti-roubo colocam o seu smartphone numa casa bem específica, que parece ser um centro magnético para estes dispositivos.

Quando um smartphone é roubado ou perdido, o seu dono ou dona irá certamente recorrer ao serviço de localização disponível em praticamente todas as plataformas, para tentar encontrá-lo. Só que essa útil função tem-se tornado numa enorme dor de cabeça para um casal nos subúrbios de Atlanta, pois sem se perceber bem porquê, grande quantidade de smartphones roubados/perdidos indica estar precisamente na localização da sua casa.

A primeira visita foi uma família bastante irritada, que lhe foi bater à porta exigindo que devolvessem o seu smartphone. Nessa altura, pensavam que teria sido um caso isolado; mas dois meses mais tarde, novo caso de pessoas a perguntarem pelo seu smartphone; e pouco depois já eram múltiplas pessoas a fazerem o mesmo por mês, resultando em mais de uma dúzia de casos durante o ano de 2015 - e onde alguns continuaram a ficar bastante desconfiados com o casal.


Pior ainda, houve também um incidente em que foi a própria polícia a bater-lhes à porta (e a tirá-los de casa) quando um smartphone de uma jovem desaparecida também reportava a sua localização como sendo nesta mesma casa; não os deixando entrar em casa durante várias horas, por serem considerados suspeitos e o local ser potencialmente uma cena de um crime.

Tentativas de perceber porque motivo tantos smartphones desaparecidos e roubados indicam estar neste local continuam a não ter resposta, uma vez que isso acontece com equipamentos de múltiplas marcas e operadores. Uma coisa é certa... se se costuma dizer que existe um pote de outro no fim do arco-íris; aqui podemos dizer que é a casa onde todos os smartphones perdidos vão parar... ;P

3 comentários:

  1. Daquilo que li tem qualquer coisa ver com a triangulação de rede que tem como ponto central essa mesma casa. Deve ser um bocado chato quase todos os meses te baterem a porta a perguntar pelo iPhone perdido =p
    Cumps

    ResponderEliminar
  2. Uma boa oportunidade de negócio, fazer uma loja de telemóveis no lugar da casa.

    ResponderEliminar

[pub]