2016/01/25

Pedal de acelerador activo da Bosch alerta para perigos e poupa combustível


No futuro os carros poderão não ter volante nem ter pedais, mas enquanto os temos poderemos querer tirar partido de pedais mais inteligentes, como o pedal de acelerador activo da Bosch que nos dá informações que se sentem literalmente pelos pés.

Conduzir é uma actividade onde qualquer distracção pode ser potencialmente fatal, e onde se agradecem todas as assistências que a tecnologia possa dar. Essas assistências podem agora incluir informação disponibilizada por feedback físico dado pelo próprio pedal de acelerador.

O pedal inteligente da Bosch permite que o condutor seja alertado para situações de perigo, e também fazer "recomendações" para uma condução mais eficiente. Isto é feito com várias formas de feedback táctil, podendo transmitir uma ligeira vibração para alertar para situações de excesso de velocidade; fazendo pressão em sentido oposto para sinalizar que se deverá abrandar na aproximação a uma curva apertada; ou até transmitir pequenos toques no pé, para sinalizar outros eventos. A ideia é que este sistema seja integrado com o restante sistema digital do veículo, podendo alertar para situações de perigo detectadas pelo radar do veículo - ou informações de emergência, como a circulação de um veículo em contra-mão no troço em que se circula; e com a vantagem de ser algo que o condutor irá sentir garantidamente, em vez de se limitar a ser uma luz de alerta ou mensagem exibida no painel.


Outra das propostas de utilização é usar o pedal para informar os condutores dos veículos híbridos do momento em que se está prestes a passar do modo 100% eléctrico para o modo em que o motor de combustão entra em funcionamento, esperando-se que a breve pressão no pedal de acelerador possa incentivar o condutor a manter um ritmo de condução mais eficiente, evitando que tal aconteça (assim como indicar o momento ideal para engrenar uma nova relação na caixa de velocidades, nos automóveis com caixa manual.)

Não deverá demorar muito para que os fabricantes comecem a incluir este pedal mais inteligente nos seus modelos para os próximos anos.

1 comentário:

  1. No futuro carros sem pedais nem volante? E que não se conduz? Então para que quero um carro??! :D

    ResponderEliminar

[pub]