2016/02/05

Fundador do SwiftKey trocou £25 milhões por uma bicicleta


A aquisição do SwiftKey pela Microsoft apanhou todos de surpresa, mas nem todos tiveram direito a receber uma quantia milionária. No caso de Chris Hill-Scott, o negócio ficará para sempre gravado na sua memória... pelas piores razões.

Quando uma startup é comprada por um dos gigantes tecnológicos, isso é normalmente motivo de festa para os fundadores da empresa, que receberão dezenas ou centenas de milhões e ficarão sem problemas financeiros para o resto da vida (que o diga o criador do Minecraft). Será esse o caso de Jon Reynolds e Ben Medlock, co-fundadores do SwiftKey... mas não o do outro fundador, Chris Hill-Scott.

Chris Hill-Scott foi um dos fundadores do SwiftKey, mas depressa se fartou da vida que levava, com trabalho pela noite dentro e um ordenado diminuto. Ao fim de apenas dois meses após o início do projecto, Chris saiu tendo supostamente aceite uma bicicleta como pagamento em troca da sua quota da empresa - quota essa que agora lhe teria valido cerca de 25 milhões de libras, graças à aquisição da Microsoft.

Enfim... é tão comum centrarmos-nos nos casos de sucesso que é fácil esquecer todos os outros casos de "insucesso" (outro dos mais mediáticos é o mais desconhecido fundador da Apple, Ron Wayne, que vendeu a sua participação na empresa por apenas $800 - e que agora valeria milhares de milhões de dólares!) A grande questão é que, para quem se inicia numa startup, projecto, ou empresa, não há forma de saber se todo o esforço que está a investir irá ser recompensado no prazo de alguns poucos anos, com uma compra milionária, ou se será um projecto sem qualquer futuro...

Dito isto, não seria mal pensado deixar uma cláusula que garantisse um milhão que fosse, em vez de saírem de lá apenas com uma bicicleta... ;)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]