2016/02/10

Google enterra o Flash em 2016


A morte do Flash tem vindo a ser anunciada ao longo dos últimos anos, mas para a Google parece estar definida a data definitiva e que potencialmente significará o fim do flash para a maioria dos utilizadores.

A Google anunciou que deixará de aceitar o envio de anúncios em Flash a partir de 30 de Junho de 2016, e deixará de apresentar publicidade em flash a 2 de Janeiro de 2017. Ou seja, em 2017 os poucos anúncios que ainda vão surgindo em flash irão desaparecer definitivamente, a bem ou a mal. Claro que ainda poderão haver outras redes de publicidade que os aceitem, mas com este ultimato feito pela Display Network e DoubleClick Digital Marketing, será inevitável que também os outros a sigam.

É preciso também referir que a Google há muito que tem recomendado aos anunciantes que se convertam ao HTML5, capaz de fazer praticamente tudo aquilo para o qual habitualmente se recorria ao Flash para fazer; pelo que este anúncio não será propriamente um choque para ninguém.

E também não deixará de ser curioso que a morte do Flash surgiu de forma bastante surpreendente e por uma vertente nada esperada, que foi a dos dispositivos mobile. Nos computadores desktop o flash praticamente podia ser considerado o standard para qualquer site interactivo "multimédia" (havendo muitos sites que eram 100% flash e sem que isso fosse olhado com estranheza) - mas depois chegou o iPhone, que de seguida se assumiu claramente como sendo anti-flash (e sendo bastante gozado por isso... até que o tempo acabou por demonstrar que estava certo, quando a própria Adobe anunciou que iria terminar o Flash para mobile.)

Actualmente, o flash é maioritariamente usado por blocos publicitários e também para jogos no browser - e serão estes últimos que certamente garantirão que o mesmo continue a sobreviver ao longo de muitos mais anos, embora sem o protagonismo que teve noutros tempos.

2 comentários:

  1. É um facto que o Flash está mais do que obsoleto, mas o que me desperta a atenção nesta notícia é o poder da Google, principalmente o poder que tem sobre os utilizadores, a informação que recolhe dos mesmos e a forma como os utiliza em seu proveito. O "Gigante" está a ficar demasiado poderoso e para mim chegou a hora de abandonar a dependência da Google de vez, chegou a hora de enterrar a Google...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ? Isso é algum ódio de estimação LoL e vais mudar para qual? Não conheço nenhuma 100% honesta lol

      Eliminar

[pub]