2016/02/11

Google vai "esquecer" resultados em função do país europeu em que se estiver


O braço de ferro entre Europa e Google relativamente aos conteúdos que a Europa deseja "esconder" parece ter chegado ao fim, com o motor de busca a aceitar escondê-los de forma global... mas apenas para quem fizer a pesquisa a partir do país respectivo.

A questão do "direito a ser esquecido" tem originado bastantes negociações e troca de acusações, sendo que inicialmente o Google aplicou a filtragem desses resultados nas versões nacionais do Google, mas depressa países como a França exigiram que o Google aplicasse isso a todo o mundo.

Seria bastante ridículo que um qualquer país pudesse ditar aquilo que se pode encontrar ou não no Google no resto do mundo (imaginem só a lista que a China apresentaria), e por isso agora o Google parece ter encontrado uma solução de compromisso para acalmar os burocratas europeus que preferem manter a cabeça enfiada na areia (um pouco ao estilo daqueles que por cá se congratulam com os "bloqueios" dos sites pirata, mesmo que não sejam pirata, e mesmo que esse bloqueio seja só cosmético.)

O problema de que França se queixava era de que, embora os resultados "indesejados" não surgissem a quem utilizasse o google.fr, os mesmos continuavam acessíveis a quem utilizasse o google.com. Por isso, o Google agora faz o favor de esconder esses resultados independentemente de que versão do Google se utilizar... mas só para os utilizadores localizados no respectivo país.

Isto é, quem estiver em França não conseguirá encontrar no Google os resultados "esquecidos" pela lei francesa, independentemente da versão que usar do Google; a não ser que recorra a algo tão simples como uma VPN gratuita que permita aceder ao Google como se estivesse noutro país não sujeito a essas filtragens.


... Por este andar, qualquer dia cada país Europeu só dá permissão ao Google de apresentar os resultados pré-aprovados por eles...

5 comentários:

  1. esta mania de tentar decidir por nós....
    ainda não estou conformado com a ideia de me terem tirado a funcionalidade de marcar automaticamente pessoas nas fotos do google, que tanto jeito me dava a organizar os álbuns :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. http://abertoatedemadrugada.com/2015/12/como-activar-o-agrupamento-de-fotos-por.html ;)

      Eliminar
    2. obrigado :) já fiz e vou aguardar a ver se aparecem os resultados

      Eliminar
  2. Para dizer uma barbaridade destas, o AADM não deve ter visto ontem no Odisseia o programa do que é na verdade o Google. O Google é uma empresa espiã, ao serviço da CIA e do FBI! Recusa-se a apagar os dados das pessoas, e vende-os a empresas de públicidade. Obriga os seus trabalhadores a um trabalho escravo. A Google é tudo o que uma empresa não deve ser. O programa, além de chocante, arrepia quem o viu! ´Sem falar no esquema da fuga de impostos e lavagem de dinheiro na Irlanda. A Google paga, pasme-se, zero (0) de impostos na Europa, aproveitando certas leis irlandesas. Bem fizeram os franceses que já começaram a desenvolver motores de buscas próprios. A Google é uma farsa! E sem escrúpulos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Odisseia não é o canal irmão daquele canal repleto de documentários de pseudo-ciência, pseudo-história e reality TV?

      Eliminar

[pub]