2016/02/22

LG apresenta G5 com Magic Slot e câmara dupla


Várias marcas aproveitam o MWC para apresentar os seus novos topo-de-gama, e a LG é uma delas, mostrando-nos o que se poderá esperar do novo LG G5.

O novo G5 adopta finalmente uma construção em metal, e curiosamente consegue inverter a tendência de crescimento dos smartphones, optando por um ecrã de 5.3" em vez de 5.5" (mas mantendo a resolução de 2560x1440). Desta vez temos também a funcionalidade always-on, que neste ecrã LCD conta com iluminação local, que permite iluminar apenas a parte necessária do ecrã em vez de gastar energia a iluminar o ecrã todo (uma táctica a que se tem que recorrer para combater os OLEDs, onde isso é feito de forma implícita.) A LG também anuncia um brilho de ecrã que pode chegar aos 850nits, o que deverá facilitar a sua utilização no exterior.

Quanto ao hardware, a LG apostou no Snapdragon 820 (vamos ver que tal se comporta quanto ao aquecimento), 4GB de RAM, 32GB (UFS) + microSD, e bateria 2800mAh substituível. Nas câmaras, temos uma novidade curiosa, para além da câmara frontal de 8MP, temos duas câmaras traseiras: uma de 8MP e campo de visão de 135º, e uma de 16MP com campo de visão de 78º.

[G5 vs G4]

A combinação das imagens fica a cargo do G5, sendo que a utilização de cada uma delas ficará também dependente do nível de zoom que o utilizador escolher. (Teremos que esperar para ver se este sistema será realmente o que será seguido por outros fabricantes para o futuro, ou se será uma curiosidade que se estreia - e morre - com o G5.)


Outra das novidades é o sistema Magic Slot, que aproveita o facto do G5 ter a parte inferior amovível para acesso à bateria, e que é aproveitado para disponibilizar outros módulos que lá podem ser encaixados, como um módulo de botões para a câmara com bateria extra, módulo de som de alta qualidade, ou até um módulo para interligação com o novo sistema de realidade virtual da LG.


Este LG 360 VR distingue-se dos demais sistemas habitualmente usados com smartphones por integrar dois ecrãs AMOLED (Full HD) nos óculos, não necessitando que se encaixe o smartphone neles. Isso permite que os mesmos sejam bastante mais compactos e confortáveis de usar... mas terão também um preço mais elevado (que por enquanto ainda não foi revelado).


Só falta mesmo saber qual será o preço do G5, mas se se vier a verificar a tendência dos modelos anteriores, em que rapidamente o mesmo teve o preço reduzido para valores abaixo dos 500 euros... não deverá haver falta de interessados.

1 comentário:

[pub]