2016/02/18

Outlook.com deixa fase preview e ganha novas funcionalidades


A Microsoft reinventou o seu email com o Outlook.com, e agora apresenta-nos a sua versão oficial de lançamento, que vem cheia de coisas boas.

O Outlook.com veio demonstrar que a Microsoft estava atenta à concorrência (nomeadamente o Gmail) e não só nos trouxe um novo webmail com cara bem mais moderna que o datado hotmail, como também incluiu funcionalidades de causar inveja aos utilizadores do Gmail (como por exemplo, os email aliases e as regras de filtragem ainda mais avançadas.)

Agora com a sua versão final, o Outlook.com ganha coisas como a colaboração de documentos do Office, integração com serviços de terceiros (Yelp, Wunderlist, Uber, etc.), Skype integrado, facilidade de inserção de emojis e imagens, e também maior facilidade para usar os emails como "mensagens rápidas" estilo chat - incluindo a capacidade de usar referências tipo @nome da pessoa, para que as mesmas sejam automaticamente adicionadas à lista de destinatários do email.

Embora eu seja um fã do Gmail, dou também uso regular a emails do Outlook.com e fico bastante agradado por ver que existem serviços que são verdadeiramente concorrenciais e uma séria alternativa ao email da Google. Agora é só esperar que esta actualização do Outlook.com chegue a todos... e que a concorrência continue a servir de incentivo para que todo melhorem os seus serviços (Gmail... já era tempo de permitires a criação de aliases. ;P)


1 comentário:

  1. estou de acordo com tudo o que é descrito, mas, ainda falta ao Outlook alguns pontos em usuabilidade que são um pouco xatos e que me ainda agarram ao gMail. Um deles é o facto de ter emails selecionados para fazer algo e entro num deles para confirmar se é o tema e quando volto à lista de email as minhas selecções foram apagadas.

    Esta não-feature é um pouco xata, especialmente quando estamos a selecionar emails para mover para uma pasta ou para apagar. Perder sempre a selecção é simplesmente xato.

    Gosto do design e da fuidez da interação ... acho que a equipa da Microsoft que está a trabalhar neste projecto está de parabéns ... mas . ... ainda falta alguma maturidade!

    Paulo Aboim Pinto
    Odivelas - Portugal

    ResponderEliminar

[pub]