2016/03/21

Apple revela iPhone SE - um iPhone 6S de 4" por $399


Tal como os rumores faziam prever, a Apple apresentou um novo iPhone compacto em substituição do antigo (e popular) iPhone 5S: o iPhone SE, que praticamente é um iPhone 6S em formato de 4".

Os iPhones 6 e 6S continuaram a ter sucesso, mas continuam a haver pessoas que não abdicam de um smartphone com tamanho mais compacto e que acham que o iPhone 5/5S é o tamanho perfeito para si. Pois bem, a Apple fez-lhes a vontade, e o iPhone SE é um iPhone que mantém a aparência de um iPhone 5S mas que passa a contar com o interior de um iPhone 6S (CPU A9, câmara de 12MP com vídeo 4K, Apple Pay, Live Photos, LTE e WiFi mais rápido, etc.) No entanto o 3D Touch fica ausente, fazendo com que a utilização dos toques sensíveis à pressão não possa ser considerado uma coisa "universal", nem sequer para os iPhones nascidos em 2016. (Como bónus... aqui a câmara não "fica de fora"! :)


Nos EUA, isto torna-se ainda mais interessante por ficar disponível por apenas $399 (354 euros), fazendo deste iPhone SE o mais barato de sempre (para preço sem contrato). Mesmo tendo em conta que é um preço "chamariz", pois é para o modelo de 16GB e que visa apenas fomentar a opção pelo modelo de 64GB (por $499), torna-se num preço altamente atractivo para quem procura um iPhone de última geração e não quer entrar nos preços elevados do 6S.

Era um preço que também se poderia considerar "revolucionário" caso fosse transposto directamente para euros ($399 - €399) mas infelizmente não é o caso. Em Portugal o iPhone SE começa nos 499 euros, com a versão de 64GB a subir para os 599 euros; o que acaba por manter tudo como estava (a nível de preços).


A par deste lançamento temos também o iOS 9.3, que ficará disponível ainda hoje e cuja novidade mais visível é o modo "Night Shift" que ajustará a tonalidade do ecrã para minimizar o impacto adverso no sono; e um iPad Pro mais compacto, de 9.7" com preço a começar nos 699 euros. Mais interessante será talvez a redução de preço do iPad Air 2, que também baixa para os $399 - sendo que neste caso a Apple parece ter aplicado uma conversão diferente, uma vez que em Portugal o seu preço passa a ser de 449 euros.


... Bem que gostaríamos de ter uma explicação porque motivo um iPhone SE de $399 custa 499 euros; e um iPad de $399 custa 449 euros. Mas pronto... é daquelas coisas. :P

19 comentários:

  1. Ao menos existe uma opção para quem quer um smartphone poderoso de tamanho compacto.
    O mais pequeno smartphone compacto no mundo Android são os Xperia Z Compact.

    ResponderEliminar
  2. o iPad custar 449 euros parece-me muito justo visto que é praticamente o preço americano e somar o iva. já o iphone é pena mas aposto que foi para nao ficar tao distante do 6. mesmo assim custa menos 150 euros que o 6 e é tao potente que o 6S...

    ResponderEliminar
  3. Em relação aos preços dos states. Só há pouco tempo é que fiquei esclarecido sobre a questão dos preços nos Estados Unidos. Ao contrario de como é habito aqui na europa, nos states, não existe o habito de os preços incluírem o imposto de valor acrescentado (o equiparado ao nosso Iva), por isso é que os preços são todos apresentados sem iva. Nos supermercados os preços dos produtos estão expostos sem iva. A experiencia a semelhante à de quem vai à a Makro, temos que fazer contas ao IVA, para na caixa não termos uma surpresas. Os estados unidos têm uma politica fiscal em relação ao “IVA” diferente de estado para estado, logo não se pode publicitar os preços com o “iva” incluído.

    ResponderEliminar
  4. Aquela versão de 16GB devia acabar de vez... Filmar a 4k com 16gb?!

    Quem diria ver a Apple com vários tamanhos disponíveis... As coisas mudam rápido heheh

    ResponderEliminar
  5. Sendo eu um hater confesso, os meus parabéns à Apple por lançar um equipamento mini com todas* as características de um flagship.

    *Falta o 3D Touch, embora nunca tenha testado tal funcionalidade, penso que não sentiria muita falta dela, ainda para mais quando ainda é bastante recente e devem ser poucas as apps que tirem total partido dela.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A "vantagem" da Apple no lançamento de algo como o 3D Touch é que o pode aplicar logo como funcionalidade do sistema, e por isso ele já vai sendo bastante usado em todo o lado, e as restantes apps rapidamente seguem. De qualquer forma, é sempre algo que funcionará como "atalho", uma vez que as funcionalidades têm que estar disponíveis para quem não tiver um iphone com isso.

      Acredito que no próximo Android N a Google já adicione suporte para isso no sistema, para evitar ter N implementações diferentes de cada fabricante...

      Eliminar
    2. Acredito que o 3D Touch seja melhor do que o long press do Android/Windows Mobile, mas nada por aí além, pelo menos por enquanto.
      Por um lado acho estranho a Apple ter optado por esta fragmentação, mas por outro penso que assim conseguiram manter este equipamento num "preço baixo" e deve ser algo que vai ser corrigido no futuro, se a Apple quiser mantiver o status de "qualidade" tem de manter a fragmentação de funcionalidades no mínimo dos mínimos.

      Eliminar
    3. Bem, a questão é que a fragmentação do iOS já existe há muito (iPhones sem "retina"; iPhones sem Siri; iPhones sem NFC; iPhones sem Touch ID; iPhones com/sem estabilização de imagem; etc. ) Fica é "disfarçada" pelo facto da Apple lançar as actualizações "para todos" os dispositivos de uma só vez.

      Eliminar
    4. Pois, eles sabem bem vender o seu peixe e não é por acaso que a versão de 16Gb continua a existir porque «visa apenas fomentar a opção pelo modelo de 64GB» ou então para vender àqueles, que mesmo não tendo muito dinheiro, querem ter um iPhone apenas por status.

      Eliminar
    5. Continuo a achar válida a opção de um iPhone de 16GB sem ser por status. Ou de 16GB é status e de 64 não? Aliás...diria que quem quer um iphone para ter um leitor de mp3 ou uma câmara de filmar de 4k é que talvez esteja a comprar por status.

      Irei sempre comprar de 16GB, visto que não coloco música no meu telemóvel e as fotos/vídeos que tiro, são apenas pequenas ocasiões. Quando quero tirar fotos a sério, uso uma máquina.

      Eliminar
  6. O sistema tributário nas vendas dos Estados Unidos é muito curioso: se residires num estado e fizeres compras à distância noutro estado, não pagas imposto sobre a venda, podendo o preço do artigo adquirido já com portes, ficar mais barato do que se fosse adquirido no próprio estado.

    Sobre a notícia em particular, para mim será excelente na medida em que agora tenho a certeza de que irão aparecer Androids com CPUs de topo mas com ecrãs mais pequenos. Nesse aspeto, obrigado Apple.

    ResponderEliminar
  7. Por favor alguem me explique:

    - Onde "estão" os 100€ de diferença para o Xperia Z5 Compact e porque alguém haveria de escolher pagar esta brutal diferença e fazer o downgrade para 16GB

    - Para onde vai a diferença do iPad Pro 9.7 de 300€ para um Galaxy Tab S2 9.7" e de que forma isso poderá jamais ser justificado?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. cribeiro91 - isso são perguntas que se podem colocar a quem estiver aberto a poder optar entre iOS ou Android. No caso de ser alguém que *queira* usar iOS, as opções de escolha ficam automaticamente feitas.

      (De resto, terias muitos outros dispositivos de luxo a preços muito inferiores, dos Umi Rome aos Bluboo Touch e afins - embora também não seja fácil encontrar modelos compactos :)

      Eliminar
    2. Ok. Então escolher o iOS custa 100€ e 300€ respectivamente?

      Onde está a justificação para esse preço?

      Eliminar
    3. Custa o que quiseres pagar. Tal como quando se compra um carro, televisor, ou qualquer outra coisa.

      Cabe a cada um pesar os prós/contras que mais valorizar - e gastar os seus euros da forma que achar correcta.

      Eliminar
  8. A Apple a dar clara razão ao Steve Jobs ...
    Para é que eu quero um telefone onde tenho de usar as duas mãos?
    Mesmo com 4" já me custa... Tenho o polegar curto . Isto só quer dizer uma coisa, morte anunciada aos ecrãs grandes, torna o telemóvel mais caro
    Vamos ver se é desta que troco o meu 4S :P.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Paulinho, é questão de jeito apenas. ;-p

      Eliminar
    2. 4" não faz sentido, mas 4,6" talvez.

      Eliminar

[pub]