2016/03/20

Carros sem condutor da Google podem estar a 30 anos de distância


Os automóveis sem condutor têm potencial para salvar milhares de vidas e evitar todo o desperdício de tempo passado nas filas de trânsito, mas a Google diz-nos que, realisticamente falando, poderá ser algo que ainda demorará várias décadas para acontecer.

Chris Urmson é o responsável pelo projecto dos carros autónomos da Google, e fez recentemente uma apresentação na SXSW onde falou em detalhe sobre o projecto, as (muitas) dificuldades, e dos planos para o futuro.

O carro da Google tem agora a capacidade para detectar coisas como autocarros das escolas e carros de polícia e tratá-los de forma diferenciada; é capaz de detectar um carro com a porta aberta e ajustar as suas previsões em função disso; e milhares de outras coisas. Ainda assim, a complexidade de conduzir num centro urbano é algo completamente diferente dos sistemas autónomos que temos visto surgir, pensados apenas para a circulação em auto-estradas e vias rápidas, e é isso que faz com que Chris aponte prazos mais alargados para a chegada destes carros ao mercado - e acontecendo de forma faseada; começando por carros capazes de conduzir em locais com boas estradas "mais simples", e depois gradualmente evoluindo para áreas mais complicadas.

O vídeo tem mais de 50 minutos mas está cheio de preciosidades, como a explicação do recente primeiro acidente provocado por um carro da Google; e sobre as coisas "malucas" que estes carros têm que enfrentar (como o caso de uma senhora num carrinho eléctrico com uma vassoura a perseguir patos na estrada! :)



Algumas das coisas que mostram já tinham sido exibidas na apresentação anterior, sobre como o carro da Google vê o mundo em seu redor.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]