2016/03/29

O mercado dos smartphones [5 anos depois]


O tempo passa sem que se dê por isso, e por vezes é fácil esquecer o quanto as coisas mudam. Felizmente o Google Calendar é nosso amigo, e vai-nos permitindo revisitar algumas previsões para ver se se verificaram... ou nem por isso.

Há precisamente 5 anos atrás, numa "notícia do dia" referíamos uma previsão da IDC, que apontava para um crescimento explosivo dos smartphones, e que em 2015 teríamos a seguinte distribuição das plataformas mobile:


Segundo a IDC, o Android subiria de 39.5% para 45.5%; a BlackBerry desceria dos 14.9% para os 13.7%; o iOS dos 15.7% para os 15.3%; o Symbian desapareceria do mapa, descendo dos 20.9% para os 0.2% (aqui acertou!), e os Windows Phone subiriam dos 5.5% para os 20.9%.

Ora, passados 5 anos, que tal é que o mercado está?


Segundo a IDC, o Android detém 81.2% do mercado; o iOS fica-se nos 15.8%; o Windows Phone nos 2.2%; e os outros já nem aparecem discriminados na tabela, englobados na secção "outros".

Em suma, previsões que confirmam a falta de visão dos analistas da IDC, subestimando completamente o Android, sobrevalorizando os Windows Phone, e repetindo com os Blackberry o mesmo erro que tinham feito com o Symbian (numa previsão ainda mais antiga previam que o Symbian ainda dominasse em 2013.)

Para 2019 as previsões são agora mais conservadoras, apostando num crescimento modesto dos Android e Windows Phones à custa do iOS, mas sem que se prevejam alterações significativas. E aqui, já nada temos a apontar...

Uma vez mais, fica agendado um regresso a este tema daqui por 5 anos... e veremos que tal o mercado dos smartphones se mantém. Alguém arrisca alguma mega-revolução como a que ditou o fim dos Symbian e BlackBerry, agora aplicado ao Android ou iOS? (Não me parece que seja provável, mas... nunca se sabe! :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]