2016/04/30

SpaceX vai enviar missão a Marte em 2018


As missões tripuladas a Marte podem estar ainda a décadas de distância, mas isso não impede a SpaceX de pôr a sua cápsula Dragon à prova numa missão não tripulada até ao planeta vermelho já em 2018.

A Dragon é a cápsula espacial de nova geração, concebida para missões espaciais tripuladas de longa duração; e neste caso estamos perante uma versão modificada a que a SpaceX chama "Red Dragon", equipada com oito motores SuperDraco que permitirão uma aterragem controlada e suave (ao estilo do que a que temos visto nos foguetes Falcon 9.)



Não enviar humanos a bordo simplifica imensamente a missão, mas isso não faz com que seja uma tarefa fácil. Continuam a existir imensas dificuldades - e ainda falta demonstrar que o sistema de aterragem com a propulsão funciona (já foram feitos alguns testes de para escape de lançamentos abortados, mas nunca foi tentada uma aterragem controlada.) E pelo que se pode entender das palavras de Elon Musk, não teremos apenas uma missão até Marte, mas várias - potencialmente algumas com capacidade de fazer regressar amostras do planeta marciano até à Terra; passo essencial para demonstrar a viabilidade de tal missão antes de se enviarem astronautas.

Mas antes de sonhar com altos voos, será necessário demonstrar que os conseguimos fazer escapar da gravidade terrestre, e para isso será necessário a ajuda do Falcon Heavy, o novo (e maior) foguete do SpaceX, e que fará o primeiro voo de teste em Novembro deste ano... se não houverem mais atrasos. Esperemos que tudo corra bem, e que em 2018 por cá estejamos a aplaudir a chegada da SpaceX a outro planeta.

2 comentários:

  1. Muito Bom!!! Que bons ventos estejam do lado deles!!
    Só um pequeno erro na hiperligação ao Falcon Heavy e não "Facon".

    ResponderEliminar

[pub]