2016/04/03

Tesla Model 3 é o mais bem sucedido projecto de crowdfunding de sempre?


A Tesla já revelou o Model 3, o carro mais económico que há muito se esperava e que finalmente deixará a marca ao alcance de uma maior parte da população, e isso valeu-lhe vários milhares de milhões de dólares, prometidos pelos fãs logo no primeiro dia.

A quantidade de interessados que pagaram já um sinal de 1000 dólares pela compra de um Model 3 (que só ficará disponível no final de 2017) superou largamente as expectativas da Tesla, atingindo 180 mil encomendas nas primeiras 24h. Uma vez que a maior parte das pessoas adicionou alguns extras ou optou por versões mais potentes, o valor médio das encomendas é de 42 mil dólares (em vez dos 35 mil do modelo base), o que resulta em vendas garantidas num total superior a 7.5 mil milhões de dólares!

Ora... digam-me lá se isto não é em tudo idêntico a uma campanha de crowdfunding, onde temos pessoas dispostas a investir antecipadamente num "projecto" que está a quase dois anos de distância de cumprir com a sua promessa?

Quantas outras marcas automóveis se podem gabar de ter 180 mil carros vendidos, ano e meio antes deles sequer existirem? Não deixará de ser uma mudança curiosa de assistir no mercado automóvel; sendo de prever que todas as outras marcas tenham estado bem atentas a este fenómeno, estando neste preciso momento a delinear os seus planos de ataque para estes próximos 20 meses. A Tesla já revelou os seus planos - ou parte deles, uma vez que diz ter ainda uma "2ª parte" que acredita que atrairá ainda mais clientes - pelo que agora temos o tempo em contagem decrescente para que todas as restantes marcas criem modelos concorrentes capazes de criar idêntica paixão no público; senão, arriscam-se a que, as únicas pessoas que lhes comprem carros sejam aquelas que não estão dispostas a esperar pelo longo período de espera para terem um Tesla.

Irá o Tesla Model 3 finalmente dar o tiro de partido para a verdadeira transição para os carros eléctricos, e de forma mais acelerada do que se poderia imaginar? Teremos que esperar mais uns anos para saber... mas não me admirava que, no final desta década, o panorama dos fabricantes de carros tenha sofrido grandes remodelações à custa deste Model 3.

6 comentários:

  1. A pergunta maior é: aceitam encomendas para Portugal?

    ResponderEliminar
  2. Sim, aceitam.

    Tens é que apresentar a matricula já toda tratada e ir levantar o carro na Holanda

    ResponderEliminar
  3. Para além do produto em si e do impacto no mundo que os transportes sustentáveis terão há aqui o ponto que este artigo destaca que é muito interessante: o despertar de paixões porque se está a criar algo novo com qualidade muito acima do que existe é que os clientes querem mas não teriam nas outras marcas nem a médio prazo. Este foi o momento keynote iPhone na indústria automóvel. Também aqui veremos a concorrência a acelerar e seguir a inovação, desenho da tesla. Algumas marcas conseguirão outras não. Haverá também nokias e rims nesta história. Para além disto penso que devemos reflectir que estas histórias vêm sempre daquela zona perto de s. Francisco. E é com muita pena que penso as vezes se não existisse USA o mundo era um sítio diferente. Gostava muito de ver coisas como a internet, redes sociais, motores de busca, carros inovadores a serem inventados e criados por todo o mundo e não apenas naquela zona. Se aquela zona mudar e deixar de o fazer , o mundo parece que pára. Aliás como já aconteceu quando só existia o velho continente. Era preciso perceber porque é que na europa, na China e na Rússia não podemos ter esta liberdade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo com o que disse, este é um momento marcante para a indústria automóvel e para a sustentabilidade.
      Em relação a S. Francisco, isso é uma regra económica, é lá onde estão criadas as condições para haver investimento e correr riscos ao inovar, mas muitas das mentes por de trás dessas empresas são de outros continentes.

      Eliminar
  4. Para o mercado português este modelo da Tesla não vai ser vendido tão cedo . Existe um numero enorme de encomendas e interessados que duvido que nos primeiros anos consigam abastecer o mercado norte americano , a ver vamos.

    ResponderEliminar
  5. É muito mais económico e fácil criar um automóvel eletrico do que um convencional, (motor, caixa, diferencial e aparelhos complementares, etc)
    Se tal não se tem feito até agora é porque quem tem o controle do dinheiro do mundo quer que assim seja; tudo na mesma para que se consuma petróleo. Não é este produto o valor padrão da moeda dollar?
    Voltando à viatura, é muito mais complexa a construção duma carroceria e chassis de qualidade do que o sistema propulsor. Aposto que Tesla nunca conseguiria construir em poucos anos um automóvel tradicional fiável. A qualidade dos automóveis europeus há muito que ultrapassou os americanos.
    Não se deve ficar embasbacado com estas viaturas porque elas já existem há muito construídas na Europa. Os interesses das marcas é que são outros para que a sua divulgação seja lenta. Mas ainda bem que Tesla espicaça o mercado. Pode ser que a curto prazo uma viatura complexa e cara, além de grande poluidora, que é a de motor de combustão interna, seja uma coisa obsoleta e ultrapassada.

    ResponderEliminar

[pub]