2016/05/14

Novo acidente com Tesla a ser acusado de não ter travado


Depois do incidente em que um condutor acusou o seu Tesla de ter batido sozinho enquanto estava estacionado, temos mais um acidente em que uma condutora acusa o seu Tesla de não ter travado para evitar um choque com o veículo à sua frente.

A Tesla parece estar perante uma semana azarada, com mais um relato de um acidente envolvendo um dos seus automóveis e a acusação de que o carro não terá travado automaticamente para evitar bater no veículo que parou à sua frente.

Segundo a condutora, o carro à sua frente parou na faixa de rodagem, e ela esperava que o seu Tesla em piloto automático também fizesse o mesmo (tinha uma distância "confortável" para o fazer.) Só que em vez de travar, o carro nem sequer abrandou, obrigando a condutora a pisar a fundo nos travões - mas sem conseguir evitar uma traseirada no outro veículo.

Mais uma vez a Tesla recorreu ao registos do veículo para se ilibar de culpas, neste caso dizendo que a responsabilidade nem sequer é do modo de piloto automático uma vez que a condutora terá tocado no pedal de travão e assim desactivado o auto-piloto e também o modo de travagem de emergência. Explicações que poderão ser tecnicamente correctas mas que se esquivam à incómoda questão principal.

Ora... então em que ficamos? A Tesla diz que a culpa é da condutora por ter tocado no pedal de travão e desactivado os sistemas automáticos e de travagem de emergência; será que da próxima vez esperam que um condutor se enfaixe no carro da frente a alta-velocidade, para demonstrar que foi mesmo falha do sistema? Ou será que esperam que depois não fique cá ninguém para se queixar do que aconteceu?

10 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  2. Quem tiver tomates que experimente!

    ResponderEliminar
  3. Quem tiver tomates que experimente!

    ResponderEliminar
  4. Tendo ou não pisado o travão, os sistemas autonomos do carro deviam estar minimamente preparados para calcular que mesmo que ela tivesse desligado o sistema percebessem que ia chocar. Estou-me a contradizer, eu sei, mas se o sistema existe, o algoritmo de segurança deveria esta no minimo sempre ativo.

    ResponderEliminar
  5. Segundo percebi a condutora só começou a travar a fundo quando percebeu que o carro não iria parar. certo? Parece-me que deve ter havido falha da Tesla :/

    ResponderEliminar
  6. Ora se a condutora, travou a fundo e ainda assim bateu... o que teria eventualmente feito o sistema automático? Travado com mais força a fundo? Lançado paraquedas de travagem ou retrofoguetes? :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A maior parte das pessoas não carrega "totalmente" a fundo nestas travagens. Daí os sistemas de assistência que ser encarregam de o fazer.

      Eliminar
  7. Ainda ninguém percebeu que condutora não está ali por acaso? Fui...

    ResponderEliminar

[pub]