2016/06/20

Nova Iorque criminaliza compra automática de bilhetes por bots


A compra de bilhetes online veio facilitar a vida às pessoas, mas não demorou para que o sistema começasse a ser aproveitado por alguns para ganharem dinheiro fácil. Nova Iorque já reagiu, e passa a ser crime utilizar bots para comprar automaticamente bilhetes para eventos com o intuito de os revender.

Apanhar um bilhete para um evento mediático é algo que já é suficientemente difícil quando se têm milhares de fãs a tentar apanhar o melhor lugar para verem a sua banda ou equipa favorita, mas não é por acaso que raramente conseguirão apanhar esses bilhetes - é que para além de terem que competir com os outros fãs, têm que competir com a eficácia sobre-humana de bots automatizados criados especificamente para apanharem todos os bilhetes de interesse, que depois serão revendidos a preços inflacionados.

A prática já era ilegal em Nova Iorque mas agora passa a ser considerada um acto criminoso, procurando assim dissuadir quem continua a recorrer a este sistema para fazer dinheiro fácil. As agências de bilhetes e as empresas de cartões de crédito já ajudaram a confirmar que estes bots compram centenas ou milhares de bilhetes de forma imediata, em poucos segundos, assim que ficam disponíveis; com os mesmos a serem depois vendidos com uma generosa margem de lucro que muitos fãs continuarão dispostos a pagar para assistirem ao que poderá ser um evento única de uma vida.

Por cá não faço ideia se existirão leis quanto a este tipo de "negócio" (não me parece), mas imagino que mesmo que houvesse, seriam inexistentes as formas de fiscalização para o comprovar ou impedir; ou, pior ainda, provavelmente deixariam uma qualquer excepção que permitisse a continuar a fazê-lo alegando-se um qualquer motivo especial. :P

4 comentários:

  1. Sim existem, os bilhetes de espectáculos não podem ser vendidos por valores superiores ao valor marcado no bilhete.

    ResponderEliminar
  2. É normal nos jogos de futebol haver pessoas identificadas e pagarem multas

    ResponderEliminar
  3. Já vi um documentário sobre isto no UK, é um negócio do caraças

    ResponderEliminar
  4. Sempre houve a revenda de bilhetes para todo o tipo de espectaculos . Basta procurar bilhetes para o euro2016 que estão disponiveis para as meias finais e finais a preços bem inflacionados.

    ResponderEliminar

[pub]