2016/06/19

Top Gear de Chris Evans já perdeu metade dos espectadores


Já se sabia que não seria fácil fazer um "reboot" ao Top Gear sem o trio de apresentadores que ao longo dos últimos anos serviram de rosto e alma do programa, e a nova versão com Chris Evans e Matt LeBlanc não parece estar a cativar os espectadores, tendo já perdido cerca de metade dos espectadores desde o primeiro episódio.

No episódio do último sábado, o número de espectadores foi de apenas 2.37 milhões, quase metade dos 4.4 milhões que assistiram ao episódio de estreia, e confirmando a tendência de descida preocupante (o episódio anterior tinha tido 2.8 milhões de espectadores.)

Embora a fórmula continue a ser exactamente a mesma de sempre, nem Chris Evans nem Matt LeBlanc conseguiram ainda demonstrar um carisma capaz de cativar os fãs do programa. Tecnicamente estamos a ver o Top Gear, mas emocionalmente falta "algo". Ao menos já promoveram Chris Harris do programa dos bastidores para os testes de automóveis no programa principal, e esse é um dos poucos pontos altos que o novo Top Gear tem tido (mas valia terem deixado a parte dos automóveis exclusivamente a seu cargo.)

Mesmo os habituais "especiais" que o programa nos apresenta - que neste episódio foi com Ken Block a levar Matt LeBlanc numa viagem em drift pelas ruas de Londres, que gerou alguma polémica por passar perto de um memorial dedicado ao fim da 1ª Guerra Mundial e que alguns consideraram uma falta de respeito - acabam por parecer injectados no programa "à pressão", sem qualquer enquadramento ou tónica que os torne especiais.

Vamos lá ver como as coisas correm ao longo dos próximos episódios... e se os novos apresentadores conseguem inverter esta tendência - coisa que será mais complicada de fazer quando o trio de ex-apresentadores nos trouxer o seu novo Grand Tour.

6 comentários:

  1. Aquele Chris Evans não tem mesmo jeitinho nenhum...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. +1
      Que personagem mais irritante, espero que a BBC corra com ele no final da temporada

      Eliminar
    2. http://www.dailymail.co.uk/news/article-3631727/Top-Gear-host-Chris-Evans-hits-skids-spotted-drinking-street-just-days-loses-audience-episode-two.html

      Eliminar
  2. Apesar dos primeiros 2 episódios terem sido medianos.
    O terceiro foi muito bom!!!

    Lembro-me de muitos episódios com o trio antigo que foram uma seca.

    Normalmente o primeiro da época era uma banhada.

    O Chris não é realmente um tipo fácil de olhar e ouvir mas o Matt Le Blanc e outras pessoas por lá até fazem um bom trabalho.

    Não sejam ovelhas e vejam o Top Gear se puderem.

    O novo Top Gear é melhor que 99% do que passa na tv.

    Esperemos que o 'The Grand Tour' seja ainda melhor mas o novo Top Gear é melhor que por exemplo micras (o algo similar) a jogar futebol com bolas de praia gigantes, como perdi tempo a ver no passado.
    E melhor que o que se passou na Argentina...

    ResponderEliminar
  3. Na minha opinião o Chris não é assim tão irritante. Eu não o conhecia de lado nenhum, logo não tinha opinião previa. É o bobo da corte e está lá para fazer palhaçada. O Matt é mais sério e o humor dele parte daí. Gosto dele mas às vezes a combinação do americano com o inglês mete-me um bocado de impressão, não só no sotaque, mas também no tipo de humor.
    Agora, o meu principal problema com o programa no momento é o seguinte: o top gear está igual, tem o mesmo tipo de segmentos e estes segmentos nunca foram o objetivo de ver o programa. Para mim o interesse vinha de colocar os 3 apresentadores antigos naquelas situações e ver as suas interações.
    Só que agora todos os programas são preenchidos com convidados que para mim são estranhos e andam para lá a fazer as mesmas coisas de antigamente.

    PS: Até meteram a sabine a fazer piadas, sinceramente.

    ResponderEliminar
  4. Ia ser sempre difícil suceder aos três que saíram... Mas acho que a serie deve continuar...

    ResponderEliminar

[pub]