2016/07/21

Firefox vai bloquear conteúdos Flash não visíveis


Os browsers vão apertando cada vez mais o cerco à utilização do Flash da Adobe, e a partir de Agosto é a vez do Firefox começar a bloquear conteúdos Flash considerados não importantes para o utilizador.

A Mozilla está consciente de que o Flash ainda vai sendo necessário para muitas coisas na web, mas também sabe que esse plugin também contribui para a lentidão, crashes, e consumo adicional de bateria. Para demonstrá-lo exibem um gráfico com a percentagem de crashes de plugins no Firefox, e a redução significativa que houve após a transição do YouTube do leitor flash para o HTML5.



Hoje em dia há cada vez menos coisas que obriguem a utilizar Flash, e já a partir de Agosto o Firefox começará a bloquear automaticamente conteúdos Flash que não sejam visíveis para o utilizador - sendo que isso normalmente se refere a scripts antiquados que são utilizados para efeitos de tracking dos utilizadores e se estes vêem a publicidade apresentada na página, mas que já poderão ser obtidos usando APIs mais modernas que dispensam a utilização de Flash.

A partir do próximo ano o bloqueio dos conteúdos flash passa para o nível seguinte, passando a ser "click-to-activate" - uma opção que por cá já recomendamos há muito tempo, e que o próprio Firefox já tinha aplicado a outros plugins com a excepção do Flash.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]