2016/07/02

Router Linksys WRT54GL de 2005 ainda é vendido e rende milhões


Numa altura em que, de ano para ano, os produtos tecnológicos ficam praticamente obsoletos, somos surpreendidos pela notícia de que há um router com mais de uma década que continua a ser vendido: o Linksys WRT54GL.

Lançado numa altura em que o WiFi "G" prometia fantásticas velocidades de 54Mbps, o WRT54GL foi um modelo com sucesso imediato, em grande parte devido a esta variante "GL" (sendo o L de Linux") acolher de braços abertos firmwares alternativos, como o DD-WRT, que ampliavam em muito as suas capacidades.

Também eu faço parte do grupo que teve um destes routers e ficou plenamente satisfeito com ele (e ainda o tenho, embora actualmente já tenha dado lugar a um router WiFi mais recente e veloz). Mas mesmo assim não posso deixar de ficar surpreendido pelo facto da Linksys continuar a vender este mesmo router tal como o fazia em 2005, e ainda se venderem dezenas de milhares de unidades por ano, suficientes para renderem milhões à marca. Aliás, este arrisca-se a ser o router WiFi mais popular de todos os tempos, com a família WRT54G a ter vendido mais de 31 milhões de unidades ao longo dos 14 anos em que tem estado em comercialização (sendo que o WRT54GL é o único que continua a ser produzido e vendido, mais de dez anos após o seu lançamento.)

É a prova oficial de que ainda há quem se guie pela máxima "se funciona é melhor não mudar"! :)

9 comentários:

  1. Eu tive um durante anos, sempre a funcionar bem.
    Eventualmente queimou, mas penso que foi um pico de corrente (tomadas sem terra)

    ResponderEliminar
  2. Esta familia de routers em fiabilidade nem hoje em dia se encontra. O 54GC também vendeu bastante.

    ResponderEliminar
  3. Podia dizer-me um router que seja bom e funcione na Suíça ?

    ResponderEliminar
  4. Podia dizer-me um router que seja bom e funcione na Suíça ?

    ResponderEliminar
  5. Este router também é popular porque se pode flashar outras firmwares opensource como o DD-WRT ou a OpenWRT, que têm features que os routers das operadores nem sonham em colocar.

    ResponderEliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. A que tipo de utilização se referem, quando indicam a adição de novas "features"? Haverá assim uma quantidade tão vasta de finalidades que se possam atribuír a um router?

    ResponderEliminar
  8. Nuno Ricardo, quando ligar o WiFi no seu telemóvel e encontrar um router com a designação FON "qualquer coisa", terá aí a resposta à sua dúvida. ;)

    ResponderEliminar

[pub]