2016/08/14

Google cria novo sistema operativo Fuschia


A Google parece estar a atravessar uma fase em que tem optado por diversificar e apostar em múltiplos projectos "concorrentes" em vez de se focar naquilo que tem (veja-se o Allo e Duo em relação ao Hangouts) e agora faz o mesmo com este Fuschia, em relação ao Android e Chrome OS.

Poder-se-ia pensar que o Android poderia servir de base para todo o tipo de equipamentos, mas este novo projecto Fuschia parece demonstrar que a Google não tem tantas certezas. O Fuschia é um novo sistema operativo, e que desde logo se quer assumir como sendo apropriado tanto para computadores potentes, como para os mais modestos dispositivos da Internet of Things.

Desta vez a Google não recorre ao Linux, mas um kernel próprio baseado no LittleKernel, ao qual foram adicionadas algumas capacidades extra, a nível de gestão de contas de utilizadores e permissões de segurança. Para o interface a escolha recaiu sobre o Flutter, e o renderer Escher, que tem capacidade para todo o tipo de efeitos gráficos visuais, incluindo sombras e reflexos, e que usa OpenGL ou Vulkan. Para linguagem oficial do sistema temos o Dart pois claro.

A grande questão é saber quais as intenções que a Google tem para este Fuschia. Será apenas mais um dos muitos projectos experimentais que nasce e morre sem que se faça notar? Ou será o pequeno primeiro passo que tenta recomeçar do zero para criar uma plataforma universal da Google que venha a absorver e substituir o Android, Chrome OS, e muitos outros sistemas embedded?

Por certo todos os developers reconhecerão aquele ponto em que os projectos já cresceram muito para além do que inicialmente estava previsto, sendo necessários cada vez mais remendos que resultam numa manta de retalhos cada vez mais difícil de gerir... e que dá vontade de atirar tudo fora e recomeçar do zero, já com uma melhor ideia de tudo o que se quer fazer. Por norma, raramente isso é feito (só de pensar na trabalheira!)... mas tratando-se da Google, é melhor não descartar essa possibilidade.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]