2016/08/30

Zuckerberg vai mostrar a sua casa inteligente no próximo mês


Como parte dos seus objectivos para este ano, Mark Zuckberg tinha na lista a criação de um sistema de Inteligência Artificial capaz de controlar a sua casa - e agora diz-nos que espera poder demonstrá-lo já no próximo mês.

O mercado das casas inteligentes continua a aguardar pela chegada de um sistema revolucionário que permita acabar com a confusão e proliferação de sistemas, muitas vezes incompatíveis entre si. Esperava-se que o HomeKit da Apple viesse dar uma ajuda, mas infelizmente por agora parece limitar-se a ser apenas "mais um sistema" a contribuir para a confusão. Daí as esperanças de que talvez o Facebook possa vir a ter melhor sucesso.

Segundo o próprio Mark Zuckerberg, o seu sistema já lhe permite controlar as luzes, temperatura, portões e mais, usando a voz; e também trata de tarefas mais complexas, como abrir a porta de casa assim que se aproxima, usando reconhecimento facial para saber que é ele (esperemos que não se tenham esquecido da possibilidade de ladrão usar uma máscara ou colocar uma foto do seu rosto em frente à câmara.)

O grande problema destes sistemas é que é relativamente fácil fazer metade do serviço, mas torna-se extremamente complicado lidar com as infinitas variações e necessidades de cada utilizador. É por isso que actualmente as casas inteligentes separam-se em dois grupos: aquelas que são instaladas de raiz com um só sistema (ou um integrador de sistemas que garante que se utilizem produtos compatíveis); ou aquelas que vão sendo feitas pelos "curiosos", que têm a paciência necessária (e conhecimentos) para irem criando um sistema à sua medida tal como desejam.

Teremos que esperar mais um pouco para saber se esta inteligência artificial do Facebook poderá vir mudar este panorama... Mas considerando todas as questões de privacidade, será fácil antever que parte significativa dos potenciais utilizadores deste sistema se vá abster de usar um serviço do Facebook, que certamente recolherá estas informações para saber (ainda) mais sobre os utilizadores.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]