2016/09/12

UMi promete Android 7.0 para o Super, Plus e Max em Dezembro


Smartphones "bons e baratos" há muitos, mas muitas vezes se coloca a questão de como se comportarão a nível das actualizações. A UMi já se fez notar pelos seus smartphones (embora precise de melhorar o controlo de qualidade) e agora também se quer fazer notar nas actualizações, prometendo a chegada do Android 7.0 Nougat este Natal.

Os possuidores de UMi Super, UMi Plus e UMi Max já têm direito a utilizar o Android 6.0, mas daqui por três meses terão direito a uma prenda extra na véspera de Natal. A marca chinesa anunciou que será essa a data em que irá disponibilizar a actualização para Android 7.0 Nougat para os seus smartphones mais recentes, e que os tornará ainda mais atractivos.

O UMi Plus é o mais recente smartphone que vem continuar o sucesso obtido pelo UMi Max e pelo bem conhecido UMi Super, e traz-nos características de luxo a preço ainda mais convidativo: ecrã Full HD de 5.5", CPU Helio P10, 4GB+32GB (+microSD até 256GB), câmaras de 13MP e 5MP, bateria de 4000mAh, USB Type-C, sensor de impressões digitais na frente e Android 6.0.

Podem encontrá-lo a 200 euros em compra directa, ou então tentar apanhar as flash sales e alguns descontos nesta fase de lançamento. E se a UMi cumprir a promessa e disponibilizar o Android N na data indicada, sem "surpresas" indesejadas de última hora, sem dúvida que contribuirá para melhorar a sua reputação junto dos consumidores - embora seja igualmente essencial trata do controlo de qualidade, para resolver as críticas frequentes sobre questões como a qualidade de recepção GPS.

6 comentários:

  1. Tal como prometeram o lollipop para o eMAX? #uminuncamais

    ResponderEliminar
  2. Tal como prometeram o lollipop para o eMAX? #uminuncamais

    ResponderEliminar
  3. Há cerca de 1 ano aconselhei o Umi Emax a um amigo, pois nos sites que os vendiam prometiam atualização para Lollipop que acabou por nunca chegar. Mas este tel (comprado na Poweroplanet) vinha com um defeito no touchscreen que ocasionalmente detetava toque fantasma e quando lhe dava para isso escrevia caracrates e carregava onde lhe apetecia, o tel foi enviado 2 vezes para lá e veio 2 vezes na mesma, sendo que da ultima vez já estavam a dizer que da proxima vez iriam ter custos pois o sistema operativo estava com ficheiros corrompidos que era culpa do utilizador (tretas, pois aquilo era exclusivamente um problema de hardware). O tel continua a ter os seus problemas de vez em quando mas vai-se usando.. entretanto aconselhei um Umi Super para a mesma familia, que foi comprado no efox, mas não sei se foi azar, pois o tel chegou e no mesmo dia começou com problemas de contactos no ecrã ou grafica que começava a fazer riscos e quando se apertava ligeiramente o ecrã normalizava mas voltava ao mesmo de imediato... a respoata da efox é enviar para a china para trocar, ou seja mesmo sendo um equipamento Dead On Arrival (não se avariou em garantia mas sim veio com defeito de origem) o procedimento não muda nada e é preciso enviar para a china :( já andei a ler de outras pessoas que tiveram problemas semelhantes e depois quando receberam o tel da china ainda tiveram que pagar taxas alfandega e impostos... ou seja quando a mim o que falta é a Umi ter uma loja oficial na Europa que seja capaz de dar resposta a estes problemas e tratar os clientes ao mesmo nivel que as outras marcas, mesmo tendo uma taxa maior de problemas, pelo menos podiam tentar controlar a coisa com uma assistencia menos desgastante e danosa para os clientes, porque assim não devem conseguir manter clientes...

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. Tenho um Ulefone Paris, e estou surpreendido com a Ulefone, prometeu o Android 6.0, veio com meses de atraso, mas veio... Quando tinha o 5.0 sempre tive actualizações e agora no 6.0 já tive actualizações.

    Ja tive um UMI, e foi uma má experiência... nunca mais.

    ResponderEliminar
  6. Ofereci ao meu filho um UMI emax mini no natal passado. O telefone não tem dado problemas, mas fico triste pelo que facto de passado quase 1 ano, nem uma única atualização. Roms não oficiais, a não ser as disponibilizadas pela UMI também não tenho encontrado. Penso que com as características físicas que tem, bem merecia um pouco de atenção por parte do fabricante. Se me questionarem se volto a comprar um UMI digo não, simplesmente porque só se preocupam em vender telemóveis e não em fidelizar os clientes. Pena...

    ResponderEliminar

[pub]