2016/10/24

IBM diz que Macs ficam mais baratos que PCs Windows


A guerra Macs vs PCs Windows pode ter perdido visibilidade devido à passagem de testemunho para a guerra iPhone vs Android, mas vai certamente reaquecer com um relatório da IBM que vem dizer que os Macs nas empresas permitem poupar até $543 face aos PCs num período de quatro anos.

Se para os utilizadores domésticos a escolha de um computador tem principalmente a ver com a preferência pessoal (e o orçamento disponível), para uma empresa há que ter em conta muitos outros factores, como o custo das licenças de software, suporte técnico, manutenção, etc. Mas em vez de impor o tipo de computador a utilizar, o ano passado a IBM deu a opção aos seus colaboradores de escolherem entre computadores Mac e Windows, e agora vem partilhar publicamente os resultados, indicando que os Macs ficam muito mais baratos.

Mesmo tendo em conta os preços especiais que a IBM consegue obter da Microsoft, os Macs conseguem ficar entre $273 e $543 mais baratos ao longo de 4 anos de utilização. Considerando que a IBM está prestes a ter 100 mil Macs, a poupança total será algo entre 27 e 54 milhões(!) de dólares... um valor nada desprezível.

Claro que em breve deverão surgir estudos da Microsoft que virão demonstrar o contrário, e também outros que relembrarão que a opção por software livre e gratuito permitiria ainda mais poupanças. Mas dando mais um passo em frente... fico a aguardar pela altura em que alguma empresa venha meter os Chromebooks ao barulho, e aí é que as coisas começarão a aquecer. Até lá... todos têm mais um motivo para poderem pedir um Mac quando a empresa perguntar que computador querem.

10 comentários:

  1. Faltou explicar como se justifica a diferença.
    Será na manutenção?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Horas de suporte, manutenção e horas perdidas por bugs no equipamento.

      Eliminar
    2. Justifica (em parte) com os gastos (maiores ou menores) do support (pedidos por funcionários) às respectivas máquinas.
      "“IBM found that not only do PCs drive twice the amount of support calls, they’re also three times more expensive,” Asaba reports. “That’s right, depending on the model, IBM is saving anywhere from $273 – $543 per Mac compared to a PC, over a four-year lifespan. “And this reflects the best pricing we’ve ever gotten from Microsoft,”

      Eliminar
  2. Colocar software livre ou Chromebook não vem só caso, pois para o perfil de utilização da IBM esses sistemas podem não ter a eficiência requerida, mesmo que custem menos. Há que atentar que a IBM não busca aqui fazer apologia ao Mac e sim relatar resultados reais da adopção da plataforma da Apple. Tenho um amigo que trabalha na empresa, especificamente no processo de curadoria do Watson, e ele refere que o departamento onde trabalha teve um ganho significativo de produtividade com a adopção do ecossistema da Maçã, seja Macs, iPads e iPhones, justamente por ter menor manutenção e pouquíssimos bugs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A questão aqui é que não se pode generalizar a questão.
      Na empresa onde trabalho a situação é completamente oposta. Já que temos dezenas de postos de trabalho todos com S.O. Microsoft (e digo S.O. porque vai desde MS-DOS até ao Windows 10).
      A maioria destes postos de trabalho corre um software proprietário nosso, quer para a manutenção, quer para a produção, esse software corre através do browser. Não temos nenhum bug relacionado com o S.O. pois o S.O. apenas está lá para correr o browser.
      Pergunto, como iríamos poupar utilizando MAC, quando um mac é bem mais caro do que qualquer um dos pc's que aqui temos??

      O problema é que as pessoas arranjam um exemplo para confirmar o que pensam e esquecem-me que no mundo à infinitos outros cenários onde as coisas não se passam da mesma forma...

      Eliminar
    2. Claro que cada caso é um caso. No teu seria a situação perfeita para testar os chromebook. :)

      Eliminar
    3. Como falei acima o exemplo é o da IBM, que não é propriamente uma startup e não começou a actuar no mercado ontem. Não é um libelo pró-Apple e sim uma constatação após análise de números. Ninguém generalizou nada e cada empresa (ou pessoa) utliza o que mais se adequa aos seus propósitos, mas foi bom para quebrar o dogma de que custo significa apenas valor de aquisição. Ter um equipamento que dá menos manutenção, dura mais tempo e não causa perdas de tempo por causa de bugs é mais eficiente que um barato ou "livre" que não tenha essas características. Pelo menos para a IBM.

      Eliminar
  3. héhé, isto não deixa editar os comentários, agora não consigo corrigir os erros que dei no meu...

    ResponderEliminar
  4. MAC vs PC,realmente o mac é mais bonito, ja tive um obviamente, mas tive de instalar o windows para ser produtivo em conjuto com o MacOS. Neste momento a relação preço/hardware do PC vs MAC é muito grande sendo o MAC muito caro para o hardware que oferecen. já fiz um hackintosh com hardware de PC melhor e mais rapido que a apple oferece, em termos de performance obtive resultados surpreendentes e ganhos de performance muito superiores num hackintosh do que no hardware MAC original.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais uma vez, a IBM não lançou um mantra e sim divulgou a experiência dela. Além disso ela precisa de serviços que seriam impossíveis de ser adquiridos se usasse hackintosh. Meu amigo que trabalha na empresa foi utilizador de Linux desde os primórdios e hoje não tem dúvidas em eleger a eficiência dos produtos da Maçã, algo que é difícil de admitir pelos haters da empresa de Cupertino.

      Eliminar

[pub]