2016/10/14

Investigadores ensinam robot a transpirar para arrefecer motores


Há décadas que cientistas trabalham na criação de robots humanóides capazes de replicar tudo o que fazemos, e agora alguns investigadores decidiram replicar um dos mecanismos que temos para regular a nossa temperatura: a transpiração.

Os robots não se "cansam" como nós, mas os motores que utilizam também podem sobreaquecer e queimar quando sujeitos a esforços contínuos. Em vez de recorrerem a sistemas de arrefecimento com radiadores, investigadores da Universidade de Tóquio decidiram inspirar-se na biologia e implementar um sistema de transpiração.

Usando uma estrutura impressa em 3D que permite a criação de canais para a circulação de água, este robot pode direccionar água para as zonas que estão a aquecer, com a evaporação da água a contribuir para arrefecer os motores, tal como a transpiração faz nos nossos corpos. O resultado é que o robot assim consegue passar 11 minutos a fazer flexões, coisa que sem a ajuda da transpiração, iria queimar os seus motores.

Embora a eficiência deste sistema não esteja ao nível da conseguida com um sistema de radiadores e ventilação activa, é mais simples, silenciosa e menos volumosa. Embora como efeito secundário se tenha criado um robot que pode ter sede e necessidade de beber para se manter mais fresco. :)


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]