2016/10/01

Rosetta pousa no cometa e dá por concluída a sua missão

Depois de 12 anos no espaço e de ter cumprido com sucesso a sua missão de exploração do cometa (mesmo se o seu módulo de aterragem Philae tenha saltitado demasiado e passado a maior parte do tempo desaparecido), a Rosetta dá por terminada a sua missão com uma aterragem forçada.

Há muito que estava planeado que o fim da missão, com a cometa 67P/Churyumov–Gerasimenko a afastar-se cada vez mais do Sol e a sonda a ter cada vez menos energia, seria feito com um choque no cometa - mas na verdade não foi um verdadeiro choque mas sim uma aterragem relativamente suave e a baixa velocidade.


Durante estes últimos momentos a Rosetta continuou a enviar imagens:


Os dados recolhidos pela Rosetta vão dar muitos mais anos de trabalho aos cientistas, que os irão analisar em detalhe, e contribuirão para ficarmos a conhecer um pouco melhor estes "visitantes" espaciais que tanto fascínio causam.



Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]