2016/11/25

EUA querem smartphones com "modo automóvel" que limite acesso a apps


Parecerá uma medida algo anacrónica quando já vamos falando de carros autónomos, mas as entidades reguladoras e de segurança automóvel norte-americanas querem que os fabricantes de smartphones implementem um modo para quando se está a conduzir que limite o acesso a certas apps e reduza as distracções.

Por agora este pedido está a ser feito como uma recomendação que os fabricantes poderão seguir ou não, mas não deixa de haver alguns motivos preocupantes que ajudarão a explicar porque está a ser feito. Depois de décadas a assistir-se a uma redução gradual no numero de fatalidades devidas a acidentes de viação, nos últimos dois anos tem-se registado um aumento no número de mortes na estrada - e os especialistas acreditam que isso estará a ser causado pelas distracções acrescidas de se utilizar um smartphone enquanto se conduz.

É por isso que estas agências estão a pedir para que os fabricantes criem um modo especial de utilização enquanto se conduz. Algo que na verdade segue precisamente em linha com que tem vindo a ser feito nos últimos anos, com sistemas como Android Auto ou o CarPlay da Apple, com os quais se pretende facilitar a utilização dos smartphones enquanto se está ao volante.

Claro que acima de tudo importará consciencializar as pessoas de que, por muito simples ou limitado que seja este "modo automóvel", caberá a cada um ter o bom senso de saber o que deve/não deve fazer enquanto vai a conduzir. Não é a existência de um modo automóvel que fará com que, milagrosamente, deixem de haver pessoas que acham que não faz mal nenhum irem a escrever SMS enquanto conduzem, ziguezagueando pela estrada e pondo em risco todos os que estejam por perto; ou até aqueles que aproveitam o pára-arranca das filas de trânsito para irem lendo o jornal ou revistas (o que demonstra que o problema não será "só" os smartphones).

... Talvez o melhor seja mesmo investir o mais possível na chegada rápida dos automóveis autónomos, e aí já não será preciso preocuparmos-nos com o que os ex-condutores fazem enquanto circulam na estrada. :)

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]