2016/11/03

NOS continua a aplicar limite de tráfego secreto?

Pensávamos que o tempos dos limites secretos de tráfego nas ligações por cabo e fibra já tinham sido ultrapassados, mas parece que infelizmente ainda não é o caso, como nos conta um dos nossos leitores.

O nosso leitor notou que a velocidade da sua ligação NOS estava anormalmente lenta, e ao contactar o serviço foi-lhe revelado que isso se devia ao facto de já ter ultrapassado os 700GB de dados. Se por um lado é de louvar o facto de terem dito o que se passava (sei de vários casos onde se recusavam a admitir que eram eles, e até chegavam a agendar visitas dos "técnicos" para averiguar problemas) por outro lado o caso torna-se ainda mais caricato com o que se segue.

Segundo o relato que nos foi feito, o serviço da NOS disse-lhe: "você atingiu o limite de tráfego da sua Internet, gastando 700 gigas, mas visto que ninguém lhe falou sobre esta condição vamos abrir uma excepção e lhe dar um reset ao tráfego da sua Internet". Ora isto torna-se interessante por dois aspectos: para além do primeiro, referido anteriormente, de terem logo indicado que se tratava de um limite de dados; temos que um representante da NOS que assume que este limite era desconhecido do utilizador; e para além disso, temos o "jeitinho" de fazer um reset antecipado.

Curioso é que em lado nenhum a NOS informe os clientes publicamente de que existe um limite de 700GB no seu serviço, defendo-se apenas com a habitual cláusula:
"A NOS poderá adotar medidas excecionais de restrição da velocidade do serviço de Internet, de forma a evitar o esgotamento da capacidade da rede, assegurar a sua operacionalidade e segurança e a qualidade da utilização do serviço. De igual forma, poderão ser acionadas providências restritivas, legal ou contratualmente previstas, em caso de utilização ilícita do serviço ou de acesso ilícito a conteúdos, ou devido à utilização de aplicações que, pelo seu tipo, natureza ou características, coloquem em causa a integridade da rede."
Mas, pela forma como o assistente falou, parece que de facto continua a haver um limite definido, que não está dependente da capacidade da rede - e que em tempos já comprovamos ser 500GB, mas que agora poderá ter subido para os 700GB. Se for este o caso, seria muito mais transparente a NOS indicar esse valor nas condições de adesão, pois senão está a enganar deliberadamente os clientes, ao vender uma internet "ilimitada" que apenas terá a velocidade limitada em casos "excepcionais"... quando na verdade essa excepção é uma operação garantida para quem passar o seu limite secreto de dados.

26 comentários:

  1. 700 gigas? isto com o netflix a 4k deve ir em pouco tempo..

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para não falar que qualquer jogo que se compre online para PC ou consola facilmente chega aos 40-50GB... quem andar sem espaço e tiver que fazer o redownload de 2 ou 3 por semana para jogar... é só fazer as contas...

      Eliminar
  2. No caso do plano móvel On +GB da Vodafone o limite está entre os 15Gb e 30Gb.. e a velocidade baixa para 1mbps!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vodafone são outros chulos, e metade do mês a velocidade muitas vezes abaixo de 1mbps... Fazem o q querem...

      Eliminar
    2. Já dou uso a planos móveis da Vodafone desde 2012 (Net Voz Fixa 4G intercalando com BLM 4G) para cá e nunca me aplicaram limite de tráfego ou qualquer traffic shaping. :)

      Apenas fiquei barrado uma vez quando ultrapassei esse limite utilizando apenaso modo 3G. Dizer que a Vodafone é a pior em termos de PUR ou limitação de velocidades em certos horários só pode ser brincadeira.

      Eliminar
  3. A Vodafone é a pior, mas de longe a aplicar a famosa PUR.
    É só terminar o contrato e NUNCA mais. Não aconselho ninguém esta operadora. Muita aldrabice

    ResponderEliminar
  4. cheira-me a tanga, podia haver um parâmetro do router que não estava ok, e mandaram um hit. Não é incomum um funcionário de uma empresa qualquer querer deixar no cliente a sensação de que ele é mais especial do que é na verdade.

    ResponderEliminar
  5. Sim, tenho esse tarifário Vodafone e garantiram-me, após muito barulho, que a parir dos 15gb podem em qq altura reduzir a velocidade de acesso para menos de um 1mb

    ResponderEliminar
  6. Até que ponto a NOS está " salva " de uma possível ruptura do contrato, põe algo como digamos... incumprimento de contrato? Aquela cláusula acima ssalvaguarda a marca?

    ResponderEliminar
  7. Todos os operadores *MÓVEIS* tem exactamente os mesmos limites ridículos. Fazem bem em reclamar. Fazem mal em referir apenas alguns nomes, e em usar conversa brejeira.

    ResponderEliminar
  8. Eu nem comento. É só chulice neste país.

    ResponderEliminar
  9. Tenho MEO fibra e já tive meses que superei 2 TB de tráfego sem qualquer problema. Este é um dos motivos que me mantenho na MEO.

    ResponderEliminar
  10. A serio k nesta altura do campeonato ainda n sabem k existe a politica de utlização responsavel? eu sinceramente... se so foi bloqueada aos 700gbs teve mt sorte, pq antes era aos 350... E na banda larga movel é de 15gb ou ate mm 10gbs.

    NADA É ILIMITADO, existe e sempre existiu limites. no contracto isso está lá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E isto é em todos os operadores, isto foi um topico para denegrir a NOS? Alguma azia por ai escondida? eu tenho NOS a 7 anos, e nunca tive problemas graves, ja tive alguns, ate do zonhub e no proprio dia vieram trocar, mas sempre foram resolvidos. j trabalhei na meo por isso, sei o k se passa nestas 2 operadoras, e sempre existiu isto. SEMPRE!

      Eliminar
    2. Sim, concordo em absoluto. Não existe qualquer critério jornalístico, não tem de haver, mas estas posições andam um pouco tendenciosas. Quando há publicações de operadoras, ou é viva a Vodafone, ou mal-intencionada da NOS. É um bocado cansativo e tira alguma neutralidade ao blog que mais leio actualmente porque tenho considerado uma forma rápida de aceder à informação. Quando passa a ser desinformação e propaganda... Para isso tenho os intervalos dos vídeos do YouTube

      Eliminar
    3. A questão é precisamente essa: no contrato *não está lá* nenhum limite claramente indicado, coisa que deveria estar.

      Quanto a tentar generalizar com outros operadores, posso falar por experiência própria que a NOS aplicava consistentemente um limite de 500GB (quando era cliente deles); e que na Vodafone, até à data, ainda não bati em qualquer limite, mesmo tendo superado várias vezes os 500GB. De resto, também há por aqui relatos de quem tem MEO e diz ter feito 2TB de downloads sem problema.

      Independentemente de ser operador A, ou B, ou C - o que se pede é exactamente o mesmo: no caso de haver limites, que sejam claramente indicados, em vez de usarem a "PUR" que serve para o que eles bem entenderem a qualquer momento que o decidirem...

      Eliminar
    4. Critério jornalístico? Acho que me posso abster disso quando sofri na pela, durante *anos*(!), os abusos da NOS, quer no traffic shaping; quer nos limites dos "ilimitados"; quer nas formas abusivas de forças refidelizações encapotadas; quer nas cobranças indevidas.

      Portanto, não é como se não falasse sem conhecimento de causa, ao contrário de muitos que falam sem sequer terem experimentado "a concorrência". O motivo pelo qual falo bem da Vodafone deve-se ao facto de, desde que tenho sido cliente deles, considerar que tenho sido bem tratado.

      Neste caso, a "queixa" nem sequer partiu de mim, mas sim de mais um dos nossos leitores que está a passar pelo menos tipo de desespero pelo qual já passei.

      Se há quem esteja satisfeito na NOS, se calhar a pagar mais que o vizinho do lado, que foi mais "chato" a negociar e tem mais serviços por metade do preço, nada contra! Mas acho sempre positivo dar a conhecer que se quiserem dar uso ao ilimitado que lhes está a ser vendido... se calhar passam a fazer parte do grupo dos descontentes...

      Eliminar
    5. Carlos, perfeitamente de acordo. Conforme disse, não tem de haver, é um blog pessoal e deve ser encarado como tal. Eu reconheço-lhe bastante utilidade e conforme disse, aqui diariamente venho ler as notícias de tecnologia e gosto muito do teu trabalho.
      Neste caso em particular, eu reconheço que a NOS tem má fama em muita gente, e se em parte faz sentido, noutra parte não. Eu nunca experimentei Vodafone ftth 3p em casa, mas o feedback que tenho é medio. Para dar um exemplo, no centro do porto, ao tomar conta de uma rede de hotel não conseguia servir mais do que 40 clientes com serviço ftth que o router ia ao ar, semanalmente, sempre trocado por novos, igual. 30 dias sem serviço e sem hipótese de recorrer (a operadora desculpa-se por ser alheia aos problemas da zona), portanto não dá para rescindir contrato. Tentei configurar um draytek e outros routers profissionais para tentar o acesso e ligar aos bridges, para esquecer que ninguém me conseguia dar o acesso. Resultado, backup 4g da NOS a fornecer o serviço para todos os clientes e staff, o router NOS HUB também dá conta do recado, os routers da concorrência fritam todos e a ligação com mais de 20/30 utilizadores fica sofrível, pior do que o 4g para o mesmo trabalho.

      Mas não quero transformar isto num combate de operadoras, todas elas aplicam PUA (política de utilização aceitável) e os limites são muito provavelmente variáveis.
      Conforme disse, esse reconhecimento dos 700gb deve ter sido o operador, porque embora o valor àquele momento para aquele cliente possa ter sido esse, não há forma de prevenir um cliente de um valor que é para todos os efeitos em termos futuros desconhecido. Parece-me que foi conversa fiada do operador que iria desbloquear a situação independentemente de haver ou não ultrapassagem de limite de tráfego ou outra situação qualquer, com a finalidade de conseguir uma boa nota de atendimento.

      Quanto a problemas de faturação, a operadora que tanto defendem foi para mim sempre uma dor de cabeça, nunca me tendo em 20 meses dos 24 de contrato enviado uma única fatura certa, tendo alterado as condições contratuais unilateralmente (a NOS e a MEO não fazem isso) e ameaçando processo judicial se desistisse por causa disso.
      Há quem pague 26€ de pacote RED com 200 megas e quem pague 7,50 com 1gb. E no serviço residencial idem aspas.

      Declaração de interesses: neste momento sou cliente das três operadoras em segmentos diferentes.

      Eliminar
  11. a sério?? estou a ler bem?
    Eu lido, **diáriamente** com **todos** os operadores (incluindo os menos conhecidos que só estão na gama empresarial), e meus amigos.. não é ser parcial. É factual que a vodafone, que tb faz cagadas, obviamente, está a *anos-luz* dos outros. anos-luz. Mas lá está... lido com todos. Só não percebo é como alguem que é cliente ha 7 anos de uma rede, pode dizer que é melhor que as outras. onde está a base comparativa? Eu tive NOS/ZON/TVCabo durante 15 anos (não tinha alternativa). Mas usava, noutros lados, pelas razões profissionais expostas, vodafone (entre outras) noutros lados. Sabem quanto tempo depois da vodafone disponibilizar o serviço aqui demorei a mudar? 0. Foi na hora.. via a passarem fibra na rua e começei a ligar para saber em que dia podia subscrever. e foi no dia. Graças a Deus. Lags parvos a horas parvas? acabou. A meio do mÊs ficar lento? acabou. Não sei quanto tempo para ser atendido no suporte técnico, ter que dar a informação toda do gato, da galinha e do vizinho para depois passarem para outro operador e repetir a conversa? acabou! Ter o router a reiniciar regularmente qnd estava a jogar online? acabou. ter um ICMP para a google de 50ms? Acabou. Andarem a facturar diferente do contratado e demorarem 10 meses a reconhecer o problema? acabou. continuarem a facturar depois do serviço cancelado? acabou. Não ter HD no coaxial? (nao sei se isto agora mudou)? acabou.
    Sejam sérios. Se querem continuar a ser comidos, força. agora não venham é disparatar para a net.

    ResponderEliminar
  12. Em relação à parcialidade do critério jornalístico.. nem sei se deva dizer alguma coisa... só alguém com muita necessidade de atenção, ou algum recalcamento profundo, pode acusar o carlos disso. Eu conheço bem as suas posições em relação a muitos assuntos, e ja o tenho visto, exactamente devido à sua imparcialidade, a bater aqui nas suas próprias opções. Sejam sérios.

    ResponderEliminar
  13. Há aqui duas coisas que alguns utilizadores não percebem. Todos os operadores têm uma "PUA" para salvaguardar a qualidade do serviço. Mas só aplicam restrições em caso de uso abusivo (ddos, etc) do serviço e não porque o cliente gastou X tráfego. Não há um único relato que eu tenha conhecimento da Vodafone ou Meo Fibra reduzir as velocidades após X tráfego. Já na NOS infelizmente é prática habitual. Pensava-se que essa prática já estava extinta, mas afinal não. Apenas aumentaram o "limite do ilimitado". É algo asqueroso que deve ser denunciado e um bem haja ao jornalista que escreveu a notícia!

    ResponderEliminar
  14. Eu acho que num mês qualquer ultrapassei os 700GB e disseram que era um problema no modem e trocaram-no! Acho inadmissível haver esta política de restrição ao tráfego, e nem avisam os clientes de tal, e ainda inventam desculpas! Neste caso, preferiram trocar um modem totalmente bom por outro igualmente bom, só para fazer o reset da velocidade. É uma vergonha. O cliente não é alertado em parte nenhuma do contrato desta condição! Bem pelo contrário!

    ResponderEliminar
  15. Carlos o traffic-shaping não é ilegal !? Apesar de no contrato haver uma clausula que permite reduzir a velocidade, o cliente não tem o direito de ser informado que isso vai acontecer ? (É um bom tema para ser analisado no abertoatédemadrugada juntamente com um jurista/advogado)

    Eu também já passei por uma situação idêntica, mas o mais ridículo é a "burla" que os operadores fazem para esconder estas quebras contratuais. Chamo "burla" a este sistema porque para nós conseguirmos averiguar se a nossa ligação de net está mais lenta vamos recorrer a um site de testes de velocidade, e não é que estes dizem que a nossa velocidade está igual à contratada! Pois ficamos todos estúpidos a achar que não temos razão... Eu consegui dectetar este pseudo caso do tipo dieselgate, pois através da linha de comandos fiz ping a um ip de uma base de dados da operadora e não é que verifiquei um ping altíssimo ! Obviamente que liguei à operadora a perguntar por que razão estavam a fazer traffic-shaping na minha morada, eis que a operadora disse-me que "nem ela nem os colegas tinham conhecimento que estariam a fazer traffic-shaping na minha morada" (deu a entender que esta modalidade realmente existia, e era aplicada na operadora). Facto é que passado 1h já tinha a velocidade de ligação à velocidade que tinha contratado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Têm sempre a desculpa de que se encaixa nas técnicas para "manter a qualidade da rede", para além de que é muito complicado provar que o fazem. No meu caso, já há muitos anos, aquilo interferia com um jogo online que eu jogava, impedindo a ligação.
      Na altura fiz debugs juntamente com os developers do jogo, fiquei com registos que demonstravam que usando uma ligação NOS (na altura ZON) havia pacotes de dados que desapareciam, mas que se usasse a internet do vizinho de outro operador, tudo funcionava perfeitamente.

      Falar com a assistência era o mesmo que falar para uma parede, e depois de semanas, lá me passaram para alguém em posição mais elevada, que lá deu a entender que era realmente culpa deles - mas sem nunca o dizer abertamente. As ordens que tinham, repetidas em estilo copy-paste, era sempre para dizer: "não temos conhecimento de que seja feito traffic shaping nas nossas ligações."

      Eliminar

[pub]