2016/12/26

Apple vai investigar relatos de autonomia inconstante no MacBook Pro


O Consumer Reports norte-americano quebrou a tradição ao não dar a nota de "recomendado" aos novos MacBook Pro devido a autonomia bastante irregular nos testes, e a Apple já disse que iria investigar o que se passa.

Nos testes realizados, que consistem em carregar ciclicamente várias páginas web, o MacBook Pro de 13" tanto aguentou  16h como 3.75h; e o modelo de 13" sem Touch Bar tanto se aguentou por 19.5h num teste, como apenas 4.5h na repetição seguinte. Variações completamente anormais e que estiveram na base da não recomendação destes portáteis da Apple até que o assunto fique esclarecido.

 Aparentemente a Apple tinha inicialmente recusado comentar estes resultados, mas desde então já veio dizer publicamente que iria trabalhar com a Consumer Reports para averiguar o que se passa.

De referir que, para além do facto de ter sido uma decisão que, pela primeira vez, deixou os MacBook sem a nota de recomendado pelo Consumer Reports, este tema ganha volume acrescido devido aos muitos relatos que já anteriormente davam a entender que algo de errado se passa com a autonomia dos MacBook Pro - ao ponto de até terem levado a Apple a remover a estimativa da autonomia.

Mesmo havendo quem desvalorize o "problema" dizendo que os testes da Consumer Reports não são credíveis, penso que até o teste mais básico que dê valores tão díspares em repetições sequenciais é indicador de que há algo que tem que ser investigado e explicado. Por isso, quer seja problema dos testes ou algum bug nos MacBooks, o que importa é que fique esclarecido para que os potenciais compradores saibam com o que podem contar.


Actualização: a Apple diz que as variações se deviam a um bug que ocorria quando se desactivava a cache do browser.

2 comentários:

  1. Será de mim, ou cada vez mais a Apple é uma sombra do que já foi:
    https://www.youtube.com/watch?v=-AxZofbMGpM

    BTW, dá uma olhada ao último parágrafo. ;)

    ResponderEliminar

[pub]