2016/12/16

Notícias do dia

A Amazon prepara um serviço "Uber" para camiões; o Android Things quer ser a plataforma de referência para a IoT; como voltar a ter o indicador da autonomia num MacBook Pro; a app AmpMe deixa ouvir música sincronizada em múltiplos smartphones ; a Califórnia quer computadores, portáteis e monitores a gastar menos electricidade; e o Evernote queria ler os apontamentos dos utilizadores - mas já não o vai fazer.

Aproveito para relembrar que o nosso meeting especial de Natal é já amanhã; que o nosso mega-passatempo de Natal continua a dar prendas diárias, e hoje temos uma rotuladora PTH100LB da Brother para vos oferecer. Agora seguem-se as notícias do dia.

Uber autónomo acusado de passar sinal vermelho



A expansão do programa de testes com carros autónomos da Uber para São Francisco não está a começar nada bem. Não só têm que explicar porque motivos os seus carros estão a passar sinais vermelhos (a Uber diz que foi erro humano e não do carro), como estão envolvido em novo imbróglio legal com as questões das licenças.

Ao seu melhor estilo a Uber parece ter decidido avançar com estes testes em São Francisco por sua iniciativa; e agora a cidade diz que os carros não podem circular se não tiveram a licença especial para permitir o teste de veículos autónomos em estradas públicas - coisa que a Uber diz não ter que cumprir por ter sempre um condutor humano a bordo. Mas se afinal atiram a culpa de passar o sinal vermelho para o condutor... em que é que ficamos? :)


iPhone 6S explode após ser recarregado



As explosões já não são o que eram após o incidente com os Note 7 da Samsung, e isso faz com que todo e cada caso atraia as atenções. Desta vez temos um iPhone 6S que aparentemente terá explodido após ter sido recarregado e quando o seu dono o ia desligar da tomada.

Não é o primeiro iPhone a explodir, mas em casos passados isso tem acontecido depois dos mesmos terem sido danificados ou devido a outros factores externos. De resto, o preocupante seria se estes incidentes se tornassem frequentes e não os casos "excepcionais" que podem ser de 1 num milhão...


Primeiro Huawei Portugal Innovation & Experience Center inaugurado em Lisboa



A Huawei é uma marca que tem tido posição cada vez mais forte no nosso país, e a comprová-lo está a inauguração do primeiro centro de inovação e experimentação da marca em Portugal. O Huawei Portugal Innovation & Experience Center, situado em Lisboa, pretende trazer os mais recentes avanços em investigação e desenvolvimento para o mercado nacional e, simultaneamente, oferecer um local de ensino prático para a formação.

Entre as áreas de actividade temos coisas que incluem: a realidade virtual/aumentada; inteligência artificial, a Internet of Things, cloud, redes 4.5G/5G, cloud, etc.


Smartwatch Huawei W1 a €199,90 na Vodafone



No outro dia falamos da promoção apetecível do Huawei W1 a metade do preço na Amazon, mas agora nem será preciso sair do país para se ter acesso ao melhor smarwatch Android Wear da actualidade. A Vodafone tem o Huawei W1 em promoção por apenas 199,90 euros.

É um valor irresistível para quem procurar um smarwatch de luxo, e que mesmo com o adiamento do Android Wear 2.0 para o próximo ano, não impede que se vá tirando partido da versão actual ainda este ano.


Curtas do dia


Resumo da madrugada

1 comentário:

  1. "a Uber diz que foi erro humano e não do carro", ou seja, diz que era um carro com condutor e não um carro autónomo :)

    Vê-se que sinal não acabou de ficar "amarelo escuro" (é o que chamo quando o vermelho acaba de cair e se segue em velocidade elevada - não posso dizer que nunca passei com um), já estava vermelho há uns segundos e a velocidade era baixa - e com peões a passar. Foi burrice humana mesmo (parto do princípio que parar no vermelho é uma regra que toda a gente cumpre e este não parou porque não viu o sinal).

    ResponderEliminar

[pub]