2017/01/16

A evolução da distribuição do Android ao longo do tempo

A questão da demora da propagação das actualizações Android aos milhares de modelos no mercado é uma tema recorrente, e é precisamente esse o tema que novamente o Luis Costa aborda hoje.


O Android 7 Nougat já tem seis meses de existência, o equivalente a meio ciclo de actualização mas, infelizmente, contam-se pelos dedos das mãos os smartphones que têm acesso a esta versão. A situação é preocupante, pois nesta altura ainda assistimos ao lançamento de novos equipamentos a correr Android 6 Marshmallow.


A Google actualiza o quadro de situação do Android com regularidade, o que permite ter uma ideia da distribuição de cada versão deste sistema operativo. Vistos isoladamente, estes dados acabam por ter uma dimensão redutora mas, quando observados de integrada, é bastante fácil identificar as distribuições que tiveram maior impacto.

Neste vídeo podemos assistir à evolução ao longo do tempo, onde se pode verificar a importância e peso que o Android KitKat e Marshmallow tiveram/têm. Entre todas, o Android Gingerbread acabou por ser o que teve mais equipamentos ao longo do tempo, o que também poderá ter a ver com o facto de o Android ter passado por uma grande transformação nessa altura.



Por: Luis Costa

2 comentários:

  1. Está a faltar um dado importante - o quadro diz qual é o número de APIS (a versão N tem mais uma API que a M, o que não parece importante, embora as anteriores possam também ter sido atualizadas) mas não diz quantas vulnerabilidades graves foram corrigidas.
    É aqui que bate o ponto em termos de segurança do Android - quem não atualiza o SO (porque não pode) fica com vulnerabilidades, algumas muito graves.
    Isto para não falar em bugs do sistema operativo, que podem levar a mau funcionamento do hardware.

    ResponderEliminar
  2. Este aspeto do Android está cada vez pior. Até empresas como a samsung lança equipamentos de gama média (galaxy A) em janeiro de 2017 com o Marshmallow. Isto só vai ter tendência a piorar à medida que novas versões forem saindo. Tenho o meu device já no Nougat 7.0 (que nao é a ultima versão) e das poucas apps que tenho tenho 3 ou 4 que deixaram de funcionar assim que atualizei do 6.0.1, o que me dá a entender que estas apps (que são populares) ainda não foram otimizadas para serem compatíveis com software que já tem 6 meses. Arrisco-me a dizer que pela altura de um eventual Pixel 3 da google o android venha a ter uma oção a la windows do genero correr apps em modo de compatibilidade (o que será ridiculo)

    ResponderEliminar

[pub]