2017/02/26

Huawei apresenta P10 e novo Watch 2


A Huawei aproveitou o MWC para revelar os seus novos P10, P10 Plus, Watch 2 e Watch 2 Classic, e cá estão eles, prontos para satisfazer aqueles que andavam a adiar a compra de um smartphone topo de gama.

Quem esperasse novidades revolucionárias poderá ficar desapontado, já que os novos P10 acabam por ser um mero passo evolutivo face ao P9, recorrendo a algumas coisas já estreadas no Mate 9. No entanto, não significa que deixem de ser modelos interessantes, especialmente quando se tem em conta que o anterior P9 não teve dificuldade em atrair mais de 10 milhões de compradores... e que todos eles irão automaticamente gostar destes novos P10.

O P10 chega em versões de 5.1" (Full HD) e 5.5" (WQHD), com este último a ser designado de P10 Plus. O CPU é o mais recente Kirin 960, acompanhado por 4GB+64GB, sendo que o Plus terá também uma versão com 6GB+128GB. Também temos expansão microSD, baterias de 3200mAh e 3750mAh, e o mais recente EMUI 5.1 / Android 7.1. Os ecrãs, LCD, são supostamente 80% mais resistentes às quedas... algo a testar... ou não! :)

Nas câmaras continuamos a ter um sistema de câmaras duplas, equivalente ao do Mate 9. Com câmara monocromática de 20MP e RGB de 12MP, e lente f/2.2 no P10 e f/1.8 no Plus. À frente, temos uma câmara de 8MP com f/1.9. E já que falamos da frente, também é aqui que encontramos o sensor de impressões digitais, que nos modelos anteriores se encontrava na traseira (que também conta com linhas de antena mais disfarçadas, ao estilo do que a Aple fez no iPhone 7).


Tal como já tínhamos referido, este ano a Huawei fez pareceria com a Pantone para nos trazer algumas cores mais incomuns, que se materializam no verde e azul.


Neste modelo azul temos também uma parte traseira micro-texturada... mas teremos que lhe "passar o dedo" para saber até que ponto o diferencia das demais (actualização: parece que também é utilizada no modelo dourado). Supostamente, este acabamento é mais resistente a riscos e também repele a sujidade e marcas de dedos.


Os preços começam nos 649 euros para o P10, 699 euros para o P10 Plus, e o Plus com 6GB+128GB irá custar 799 euros.




Depois foi a vez dos novos Huawei Watch, que também chegam em duas versões: o The Huawei Watch 2 e Huawei Watch 2 Classic, em que ambos contam com um design mais desportivo e vêm bem preparados para tirar partido do Android Wear 2.0 - e até tendo versão com LTE.

Estes novos modelos vêm com baterias de 420mAh e autonomia anunciada para 2 dias, assim como um modo "low-power" que apenas mostra as horas e faz o tracking de actividade, e que prolongará a autonomia até 25 dias. Em contrapartida, mesmo tendo um ecrã de 1.2" (mais pequeno que o do 1.4" do modelo do ano passado), são bastante volumosos, com espessuras de 12.6mm, quase mais 2mm que o anterior, e que poderá complicar a vida às pessoas com pulsos mais finos. Nestes novos relógios teremos finalmente tracking da frequência cardíaca a tempo inteiro, e curiosamente Portugal estará na lista de países a receber primeiro estes smartwatches.


Reforçando a ideia de que o investimento da Huawei nas parcerias tem dado frutos, estes Watch 2 foram desenvolvidos em estreita colaboração com a Google, e terão tido papel importante na implementação do Android Wear 2.0.


Os preços são de 329 euros para o Watch 2, 379 euros para versão com 4G, e 399 euros para o Watch 2 Classic; sendo que haverá também lugar para uma versão especial Porsche Design, que certamente terá um preço bastante superior.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]