2017/03/10

reCAPTCHA da Google vai deixar de chatear os utilizadores


Provar que somos humanos a um computador nem sempre é uma tarefa fácil, mas com o novo reCAPTCHA invisível a Google promete o fim das chatices para os utilizadores.

Existem inúmeros estilos de CAPTCHA que muitas vezes são usados em formulários online quando é necessário minimizar a possibilidade dos mesmos serem abusados por sistemas automatizados, e tentando garantir que quem está a preencher os dados é efectivamente uma pessoa real. Na maior parte dos casos isso passa por tentar decifrar algumas letras ou números distorcidos; noutros é pedido que se façam algumas contas, ou que se identifiquem imagens com determinados elementos; mas um dos mais comuns é o reCAPTCHA da Google.

O reCAPTCHA começou por nos usar como ajudantes para identificar palavras não reconhecidas no programa de digitalização de livros da Google, mas mais recentemente começou a pedir-nos para identificar números não reconhecidos captados pelo Street View. O sistema foi evoluindo ao ponto de ter em consideração o comportamento do utilizador na página (movimento do rato, scroll da página, etc) para determinar se o utilizador seria humano, muitas vezes limitando-se a pedir que se clicasse numa caixa a dizer "I'm not a robot". E agora... já nem precisa disso.

A mais recente evolução é o reCAPTCHA invisível, que já nem pede ao utilizador que faça nada de especial, funcionando de forma transparente - e sem que a Google entre em muitos detalhes para não facilitar a vida a quem quiser ultrapassar o sistema. Apenas no caso do sistema determinar um utilizador suspeito é que serão apresentadas perguntas adicionais.

Portanto, se ainda lidarem regularmente com sites que usam CAPTCHAS que causam dores de cabeça... nada como lhes enviarem uma sugestão para passarem a utilizar este reCAPTCHA invisível. Os utilizadores agradecem!


Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]