2017/03/10

Windows 10 já faz publicidade no File Explorer


A Microsoft parece estar a esquecer-se que o Windows 10 é um sistema operativo pelo qual os utilizadores pagaram (directa ou indirectamente) e está a começar a apresentar publicidade até no File Explorer.

Não é a primeira, nem será a última vez, que a MS apresenta publicidade no Windows 10, mas desta vez a coisa torna-se mais intrusiva por ser feita no File Explorer - local onde poucos imaginariam ver publicidade. Alguns utilizadores estão a ser surpreendidos com uma mensagem nada discreta que lhes tenta vender uma assinatura de Office 365 com 1TB de espaço no OneDrive incluído, e a maior preocupação é da que esta seja apenas uma tendência que vá aumentar no futuro.

A Microsoft defende-se dizendo que isto é apenas "informação útil para os utilizadores" e que estes têm a opção de desactivar este tipo de notificações. Mas a questão é que o Windows 10 já tem uma área de notificações onde seria apropriado a apresentação deste tipo de coisas - que definitivamente não deveria estar a chatear os utilizadores no File Explorer!

Para desactivar esta publicidade no File Explorer a Microsoft não facilita o processo (poderia permitir fazê-lo directamente a partir das ditas "dicas", com um "não quero ver publicidade deste tipo"), sendo necessário ir às opções das pastas, e na secção view procurar pela pouco descritiva opção de "Show sync provider notifications".


Desactivando-se esta opção deixarão de ver publicidade no File Explorer... pelo menos até que a Microsoft se lembre de implementar outra forma de fazer chegar "informação útil" aos seus utilizadores de forma ainda mais intrusiva.

8 comentários:

  1. Já nao bastava os mails em eles andam a chatear as pessoas por causa dos excessos de gigas no one drive e agora isso !

    ResponderEliminar
  2. Mesmo que já tenha adotado o Linux antes disto acontecer, já previa algo do género quando começaram a apresentar publicidade no menu Iniciar.
    A Microsoft está de parabéns por ter conseguido melhorar, para pior, um sistema operativo que já tinha amadurecido no Windows 7.
    O Windows não precisava de mais features, precisava é que ao longo do tempo fossem melhorando cada vez mais e não da forma que andam a fazer.
    Vai chegar a um ponto que o sistema Windows está mais bloated e mais dificil de usar que outra coisa.

    ResponderEliminar
  3. O windows não é do utilizador final, é da Microsoft. A Microsoft é que decide o que aparece no vosso(?) ecrã.

    ResponderEliminar
  4. Vocês querem o quê?

    Têm aquilo pagaram para ter...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem se queixa e não pagou (piratas), não se podem queixar.

      Eliminar
    2. A maioria compra portáteis e por isso paga.

      Agora alguns portáteis mais baratos não precisam de pagar licença, mas isso é outra história.

      Eliminar
  5. Acho que é um pouco abusivo mas não é abstruso. É certo que o utilizador comum fica muito a leste dos meios de comunicação habituais e a Microsoft está a fazer a transição para serviços de subscrição com o office 365. E não se esqueçam que o outro lado da moeda é termos um serviço cloud sólido como o onedrive gratuito e multiplataforma. Por exemplo acho mais ridículo ter comprado o office 2016 e receber a mensagem a dizer que o meu office está desatualizado e para subscrever o 365, uma vez até dava para me rir, mas semanalmente a mesma notificação é abusivo

    ResponderEliminar

[pub]