2017/04/24

Próximo uTorrent funcionará no browser e dispensa instalação


O uTorrent está longe de ter a boa reputação que tinha noutros tempos, mas em breve entrará numa nova fase... em que nem será preciso instalá-lo para poder tirar partido dele, pois poderemos usá-lo directamente no browser.

Depois de se ter estreado como um dos mais pequenos e eficientes cliente de torrents no mercado, o uTorrent ganhou popularidade crescente, até depois se ver envolvido em episódios infelizes em que incluía software indesejado durante a instalação (e que lhe valeu perder grande parte da reputação conquistada ao longo dos anos). Mas para o futuro o uTorrent prepara um trunfo interessante: passar a ser um programa nativo na web que funcionará no browser sem necessidade de qualquer instalação.

Actualmente os utilizadores do uTorrent já o poderão utilizar a partir dos seus browsers usando o interface remoto web, mas para tal continua a ser necessário que tenham o programa instalado (e a correr) no seu computador. Com esta futura versão o objectivo será ter o uTorrent a funcionar mesmo dentro do browser, o que dispensará a instalação tradicional do programa, e simultaneamente facilitará o seu acesso a partir de qualquer máquina que tenha um browser moderno.

É uma transição que poderá não agradar a todos, mas continuarão a existir clientes de torrents que poderão ser instalados da forma tradicional. Por agora, o melhor será esperarmos para ver que como este uTorrent no browser funcionará... e depois logo se poderá tomar uma decisão.

7 comentários:

  1. Uma dúvida: o programa passará a funcionar exclusivamente no navegador ou continuará a existir a aplicação como dantes?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os uTorrent existentes já ninguém os pode "tirar"... :)
      Depois é saber se se justifica continuar a investir numa versão nativa, ou se a versão web passará a ser a principal.

      Eliminar
  2. Em temos o opera tinha um cliente de torrents integrado, julgo que continua a tê-lo, sempre o considerei como uma das suas grandes mais valias

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar

[pub]