2017/05/21

98% das máquinas infectadas pelo WannaCry usam Windows 7


O ransomware Wannacry continua a dar que falar, e desta vez é a Kaspersky que revela que sistemas foram mais afectados: e o Windows 7 é o verdadeiro campeão, somando nas suas várias versões mais de 98% das vítimas.

Segundo a Kaspersky, os sistemas mais afectados pelo WannaCry foram computadores com o Windows 7 64 bits (60.35%), Windows 7 (31.72%), Windows 7 Home 64 bits (3.67%) e Windows 7 Home (2.61). Daí em diante todas as restantes versões caem para valores inferiores a 0.01% (Windows 2008 Server), e o Windows XP a nem sequer ter valor estatístico.

São valores que parecem desmentir de que os obsoletos Windows XP teriam tido um papel fundamental na propagação e infecção deste vírus... embora se saiba que as estatísticas nem sempre nos mostram tudo. Por exemplo, seria bastante mais significativo saber a percentagem de sistemas infectados face ao número total de máquinas activas com o mesmo sistema operativo. Isso poderia revelar que estes 98% de Windows 7 infectados representavam apenas 0.1% dos Windows 7 no mercado; mas os 0.01% do Windows XP poderiam representar 30 ou 40% dos Windows XP ainda em actividade (nota: estou a inventar estes números apenas para efeitos de exemplo.)

Seja como for, quer seja com probabilidade de 90% ou de 0.01%, o que é certo é que ninguém se quererá ver na situação de ter que lidar com ransomware. Pelo que... antes que seja demasiado tarde: backups, backups, backups!

3 comentários:

  1. Carlos, valores abaixo de 0% para Windows XP?
    Ou será antes "valores próximos" de 0%?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, era o que estava a pensar. Neste caso deve ser "valores inferiores a 1%".

      Eliminar
  2. Também interessante seria saber que programas antivirus/firewalls tinham os PCs instalados...

    ResponderEliminar

[pub]