2017/05/28

British Airways ficou em terra devido falha no seu sistema informático a nível mundial

Há muito que vamos alertando para a questão de uma falha catastrófica num grande sistema informático será apenas uma questão de "quando" e não de "se"; e a British Airways vem dar mais um passo nesse sentido, com uma falha global no seu sistema informático, deixando centenas de voos e milhares de passageiros em terra.

Embora a falha do seu sistema informático, nesta altura, fizesse suspeitar que se poderia tratar de efeitos do ransomware WannaCry, a British Airways depressa esclareceu que a falha não se devia a nenhum tipo de ataque, mas que estaria relacionada com um problema de falha de energia. Ainda assim, é uma explicação que não convence, pois seria de esperar que uma empresa como a British Airways deveria ter sistemas preparados para lidar com eventualidades desse tipo.

É que esta falha parece ter afectado toda a sua rede a nível global: desde os balcões de embarque, ao seu site, aos centros de atendimento telefónico, e até as próprias app mobile.

[nos balcões da British Airways trocaram-se os monitores por quadros escritos à mão]

[milhares de malas acumularam-se nos aeroportos, à espera...]

Não esquecendo que ainda recentemente o ataque do ransomware WannaCry afectou milhares de empresas pelo mundo, e também o serviço nacional de saúde britânico; parece ficar demonstrado que, quer seja devido a ataque, ou devido a outros incidentes... ninguém parece estar imune a falhas que afectem milhares de pessoas...

... E eu só digo que continuo a esperar pelo dia em que a Google fique fora de serviço por uma dezena de horas... para ver o efeito que isso teria: na internet e na sociedade.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]