2017/05/18

Google Home aprende novos truques e faz chamadas telefónicas


Já se sabia que a Google tinha que se mexer para fazer frente aos novos Echo da Amazon, e embora ainda não se tenha um Google Home com câmara e ecrã, temos actualizações que lhe trazem funcionalidades bem merecidas.

O Google Home já aprendeu a reconhecer e diferenciar vozes de múltiplos utilizadores, e agora vai passar a fazer chamadas telefónicas (que serão gratuitas para destinos nos EUA e Canadá) - o que não deixa de ser resposta ao Alexa Calling da Amazon, com a vantagem de funcionar para todas as pessoas que tenham um telefone, sem necessidade de terem um Google Home ou sequer um smartphone. Como o Google Home reconhece o utilizador, alguém que peça para fazer uma chamada para a "mãe" será correctamente posto em contacto com a sua mãe, e não com a "mãe" de outro utilizador; e um detalhe bem apanhado é que no caso de se ter número de telefone associado, o serviço utilizará esse número para que no destino a chamada seja identificada como sendo da pessoa respectiva.

A Google também tem resposta à capacidade do Amazon Show apresentar informação visual no seu ecrã. Como o Home não tem ecrã, a solução da Google passa por direccionar esses resultados visuais para um equipamento mais adequado, como o smartphone do utilizador, ou até um televisor com Android ou equipado com um Chromecast. Não deixa de ser uma solução interessante... mas não me parecerá de tão simples compreensão para os consumidores quanto o Amazon Show, em que se sabe imediatamente com o que contar, sem depender de mais nada.

O Google Home também fica mais proactivo, podendo (com a permissão do utilizador) dar notificações para coisas que sejam importantes: como alertar para problemas no trânsito e recomendar que se saia mais cedo para chegar ao evento que temos agendado no Google Calendar. E, por último, uma coisa básica mas que estava em falta, também passa a ser possível utilizá-lo como coluna Bluetooth (e também passa a ter acesso ao Spotify gratuito - sendo que antes só era possível utilizá-lo nas modalidades pagas).

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]