2017/05/01

Tesla reactiva travagem automática de emergência... mas só a velocidade reduzida


A redução da pontuação de segurança nos Tesla, devido à ausência do sistema de travagem automática de emergência nos modelos mais recentes, parece ter servido como pressão suficiente para a Tesla cumprir o prometido... mas só a velocidade reduzida.

Pode parecer estranho, mas para veículos que têm um sistema avançado de condução (quase) autónoma e cuja capacidade 100% autónoma está prometida para o futuro mediante uma simples actualização, não será fácil explicar porque motivo a Tesla não implementou a funcionalidade de travagem automática de emergência que estava disponível nos modelos mais antigos (fabricados antes de Outubro de 2016).

Para os veículos mais recentes a Tesla tinha prometido que essa funcionalidade seria disponibilizada "em breve", mas depois de mais de meio ano de espera a Consumer Reports fartou-se e baixou a avaliação de segurança dos Tesla devido a esta ausência, factor que poderá ter contribuído para que a Tesla se apressasse a disponibilizar esta funcionalidade... de forma tímida.

Enquanto nos Model S mais antigos o sistema de travagem automática de emergência funcionava a velocidades de até 145km/h nos novos Model S e X o sistema funcionará apenas a velocidades de até 45km/h; sendo que essa velocidade deverá aumentar progressivamente em futuras actualizações. Tratando-se de carros equipados com sensores mais evoluídos, é de estranhar porque motivo a Tesla parece estar tão receosa de implementar uma funcionalidade que já tinha nas gerações anteriores... mas lá terão os seus motivos, seguramente.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]