2017/06/12

ARKit do iOS 11 mostra o que vale


Uma das novidades do iOS 11 é vir preparado para apps de realidade aumentada, e não há falta de developers que estejam a testar a capacidade de tracking do ARKit, com resultados impressionantes.

Há dias vimos como o Pokémon Go poderia tornar-se muito melhor tirando partido do novo sistema de tracking do ARKit que permite fazer um posicionamento muito mais preciso usando apenas a câmara e sensores internos do iPhone/iPad,

Mesmo em situações complicadas de iluminação e até no caso de se tentar "enganar" o sistema (por exemplo, indo dar uma volta pela casa até se chegar ao mesmo ponto vindo por outro lado) o ARKit parece conseguir manter um posicionamento bastante fiável e realista - o que não deixa de ser bastante promissor, tendo em conta que ficará disponível para todos os equipamentos que receberem o iOS 11, fazendo chegar instantaneamente a centenas de milhões de pessoas uma tecnologia próxima daquela que a Google tem tentado fazer chegar ao mercado com o seu Project Tango (mas que requer dispositivos com hardware específico).

É certo que os resultados conseguidos puramente por software nem sempre serão capazes de competir com os obtidos pelo Tango... mas são suficientemente bons, considerando que não será preciso comprar mais nada.





Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]