2017/06/13

Ethereum já subiu mais de 300% num mês


O fenómeno das Bitcoin está de regresso, mas desta vez aplicado à moeda digital Ethereum (aquela que tem dado bastante que falar) e que em menos de um mês já subiu mais de 300%.

Depois dos Bitcoin terem feito alguns milionários que tinham comprado algumas daquela moeda "esquisita" e descobrirem, passados uns anos, que valiam milhares de vezes mais; é agora vez do caso se repetir com o Ethereum. Há um mês atrás era possível comprar 1 Ethereum por menos de $90, actualmente já se aproxima do valor de $400.


Como neste campo dos investimentos retroactivos é sempre fácil fazer contas, poderíamos regressar um pouco mais até ao início de 2016, altura em que um Ethereum podia ser comprar por apenas $1. Se nessa altura tivessem arriscado comprar $1000 de Ethereum, por esta altura teriam um simpático valor de quase meio milhão de dólares em carteira (assumindo que ninguém a tivesse limpo, claro).

Não seria um mau investimento para cerca de 18 meses sem fazer nada... pois não?

O mais complicado é saber como as coisas vão andar daqui para a frente, pois de um momento para o outro estas moedas podem perder todo o valor... mas por outro lado também há quem preveja que daqui por uma década cada uma delas poderá valer centenas de milhares de dólares. Por via das dúvidas não custará investir uns poucos euros que seja... só para não se dizer que não se fez alguma coisa enquanto ainda valia a pena.

Para quem ainda não se aventurou nestas coisas das moedas digitais, uma das formas mais fáceis de o fazer é usando serviços como o Coinbase - e eu posso dizer que já sou o feliz possuidor de algumas fracções de Bitcoin, Ethereum e Litecoin... quem sabe se não serão elas a garantir-me a reforma daqui por umas décadas. :)

4 comentários:

  1. Boas Carlos que carteira usas para guardar as tuas digital coins? E que programas usas para mining?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste momento tenho tudo na Coinbase. Mining não faço...

      Eliminar
    2. E isto é tudo sério? Até que ponto dá para confiar?Pedem passaporte; carta de condução ou Cartão de identificação... Ficam com cópias de documentos?
      Enfim, Gostava de ter um pouco mais de coragem ou ousadia para 'minar' um pouco neste mundo tão pouco tangível...

      Eliminar
    3. Pelo menos no caso da Coinbase é uma empresa registada em dezenas de estados nos EUA, o que pelo menos obrigará a que cumpram determinadas regras em termos de garantias e segurança/privacidade.

      Eliminar

[pub]