2017/08/31

Operadores de internet podem espiar casas inteligentes


As casas inteligentes podem ser benéficas para os utilizadores, mas há quem alerte para os potenciais riscos a nível de privacidade - pois os operadores de internet podem criar um registo bastante detalhado daquilo que temos em casa e do que fazemos.

Desta vez não se trata de qualquer vulnerabilidade em dispositivos da Internet of Things que permite a hackers acederem aos nossos equipamentos, mas sim e somente de olhar com cuidado para os padrões de comunicações que circulam na nossa ligação internet.

Sem grande esforço o nosso operador de internet pode usar o mesmo tipo de ferramentas que usa para detectar e limitar o acesso a conteúdos ilegais para determinar que tipo de produtos temos em casa, podendo identificar coisas como câmaras de vigilância, módulos de tomada inteligentes, monitores de sono, etc.


Mas as coisas não se ficam por aí... pois analisando mais em detalhe o momento em que esses dados estão a ser transferidos, podem ficar com uma imagem bastante preocupante da nossa vida. Por exemplo, analisando o fluxo de dados de um monitor do sono é possível determinar quando uma pessoa foi para a cama e se levantou, e até se por acaso de levantou temporariamente durante a noite (possivelmente para ir à casa de banho).



Sabendo-se o elevado valor deste tipo de dados, será praticamente impossível evitar que os operadores se apressem a tirar partido deles (se é que já não o fazem), pelo que a única opção - para quem levar a sua privacidade a sério - será recorrer a sistemas que permitem camuflar estes padrões de tráfego de dados. Por exemplo, a utilização de uma VPN impediria que o operador conseguisse distinguir que dispositivos temos; ou então, a utilização de um router modificado com a capacidade de atrasar alguns dos dados por forma a inviabilizar a possibilidade de inferir informação temporal válida.


Na verdade isto acaba por nem se limitar à ligação à internet... Também o próprio consumos eléctrico permite que o fornecedor de energia consiga criar um padrão bastante detalhado daquilo que fazemos em casa.

... Privacidade hoje em dia... parece ser cada vez mais uma ilusão.

1 comentário:

  1. Pelo menos as limpadas inteligentes do Ikea ainda não são controláveis pela Internet ;)
    Mas a partir do momento que exista um equipamento qq na rede local com software fechado (incluindo um Windows), torna-se quase impossível de garantir o que quer que seja de privacidade, incluindo sanitas inteligentes no o wc "privativo" :P

    ResponderEliminar

[pub]