2017/09/12

Apple apresenta iPhone X e iPhone 8


Depois de muita espera e rumores, aqui estão os novos iPhone 8 e o modelo que marca o 10º aniversário do iPhone e com a qual a Apple pretende definir o caminho para a próxima década: o iPhone X.

iPhone 8


Começando pelo iPhone 8, temos modelos que dão continuidade aos iPhone 6, 6S e 7, chegando em versões normais e Plus, e com uma série de melhoramentos em praticamente todas as áreas.


Os novos iPhone 8 têm um novo CPU A11 Bionic (com 6 cores, onde os quatro núcleos de baixo consumo são 70% mais rápidos do que o A10 Fusion e os dois núcleos de alto desempenho são até 25% mais rápidos que os anteriores), GPU mais rápido (o primeiro criado pela Apple), ecrãs Retina melhorados e com True Tone, traseira em vidro (a Apple diz que é o vidro mais resistente de sempre) permitindo o carregamento wireless (compatível Qi mas também apostando no seu novo AirPower que permite carregamento wireless de múltiplos equipamentos com uma única base - que chegará ao mercado no próximo ano).

As câmaras também foram melhoradas, sendo que a câmara dupla continua a estar reservada para a versão 8 Plus, e agora podem gravar vídeo 4K a 60fps e 1080p a 240fps, o dobro do que era possível anteriormente. No Plus, o modo de retrato conta com assistência de um chip acelerador do processamento de inteligência artificial, podendo criar diferentes tipos de iluminação para uma foto - e não sendo apenas um "filtro" aplicado sobre a imagem, mas algo que replica bastante bem a aplicação de iluminação diferente.

Mas claro que o que se queria conhecer era...


O iPhone X


O iPhone X teve honras de apresentação por via do "one more thing" imortalizado por Steve Jobs, e a Apple bem fez questão de referir que não recuperou essas palavras por acaso. O iPhone X é a grande aposta da Apple, materializando o iPhone de sonho que sempre tinham querido criar... e parece-me que conseguiram.

Embora os leaks e rumores já tivessem revelado muito sobre este iPhone, estamos perante um modelo que instantaneamente se tornará num clássico. Com um ecrã OLED Super Retina (que até mereceu uma explicação para dizer porque motivo "agora" a Apple optou pelos OLED, dizendo que até aqui não ofereciam qualidade suficiente); câmara dupla traseira (ambas com estabilização óptica); carregamento wireless tal como o iPhone 8 e... na ausência do Touch ID, o novo Face ID.

No Face ID a Apple aplicou-se mesmo. A câmara frontal da iPhone X é equivalente a uma câmara "Kinect", contando não só com a câmara habitual como com uma câmara IR, iluminador IR e projector de pontos. O que isto significa é que o iPhone X pode ver o rosto do utilizador independente das condições de iluminação e em 3D (e adaptando-se às alterações do rosto ao longo do tempo, como crescimento de barba e cabelo, utilização de chapéus, óculos, etc.) Por azar, logo na demonstração falhou a primeira vez, obrigando a salta para o iPhone de backup... mas vamos assumir que trabalhará bem em 99% dos casos. :)

Mesmo com tudo isto o iPhone X tem mais 2h de autonomia que o iPhone 7, e tal como se "temia", tem preços a começar nos $999 com a chegada a ser adiada para finais de Outubro e inícios de Novembro.

Actualização: já temos os preços do iPhone X para Portugal.


1 comentário:

[pub]