2017/09/12

Preço do iPhone X e 8 em Portugal


A Apple já apresentou os novos iPhone 8 e iPhone X, e também já temos os preços destes iPhones em Portugal.

Começando pelo mais desejado iPhone X, os preços vão - como se esperava - bem para lá dos mil euros, com a versão de 64GB a custar 1179 euros e a versão de 256GB a chegar aos 1359 euros.


Para os novos iPhone 8, os preços começam nos 829 euros para o de 64GB e 1009 euros para a versão de 256GB (nem dando opção para uma versão intermédia de 128GB que seria suficiente para a grande maioria dos utilizadores). No 8 Plus os preços começam nos 939 euros para a versão de 64GB e chegam aos 1119 euros para a versão de 256GB.



Continuam a estar disponíveis os iPhone SE (a começar nos 419 euros); iPhone 6S e 6S Plus (a começar nos 539 e 649 euros); e iPhone 7 e 7 Plus (649 e 789 euros).


Fica assim escalonada a gama de iPhones para este final de 2017. Agora a incógnita é saber que destino a Apple reserva para o iPhone SE... se terá direito a actualização, ou se será mantido como está até se tornar obsoleto (e marcando o fim dos iPhones "pequenos" - pelo menos até uma altura em que a Apple comece a produzir um iPhone X em versões pequena / média / grande; isto numa altura em que houver componentes com fartura para satisfazer a produção).


Actualização: fizemos uma análise da distribuição de preços de todos estes iPhones e da respectiva comparação com modelos Android alternativos. E quanto a compará-lo mais barato ($999) nos EUA... infelizmente não é bem assim.

28 comentários:

  1. Respostas
    1. Não tenho dúvida nenhuma que vai vender mais.

      Eliminar
    2. iPhone X o melhor de sempre meus amigos não comparem o iPhone c com o note 8

      Eliminar
    3. se não falhar o face id, vende bem...

      Eliminar
  2. Andei 2 anos a poupar para o do 10º aniversário, mas acho que, com menos €€€, para o ano, compro o 9 que trará a mesma tecnologia e que custará menos uns 300€, pelo menos...

    Bem vindo a casa Xiaomi Mi A1, vais ter que te portar bem +- 400 dias :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com esse pensamento secalhar é melhor esperar mais uns 10 anos que por 200€ terá algo beeeeeeeeeeeeeeeeeem melhor

      Eliminar
    2. Sendo apenas suposições minhas, imagino que a Apple faça render o "look" do iPhone X durante um pouco mais de tempo, e só daqui por 2 (ou mais - dependendo do resto do mercado começar a fazer chegar modelos full-screen) é que aplicaria o conceito a toda a gama. Vamos ver como correm as parcerias e investimentos no fabrico dos OLEDs, que será um dos factores críticos para eles sequer considerarem isso.

      (Não será por acaso que este iPhone X só chega em Novembro.)

      Eliminar
    3. Estou a ver a estratégia do costume:
      > Comprar um android fraco e falar que é lento e crasha

      Para depois poupar > 2 anos para o equipamento mais caro de sempre.

      Ter bom senso era reconhecer o overprice que este produto é e dar uma vingança fria e votar com a carteira. Comprar um topo de gama Android:

      -> One Plus 5
      -> Galaxy S8
      -> Galaxy Note 8

      E até me arrisco a dizer S7 ou Pixel 2.

      Eliminar
    4. Topo de gama, para mim, continuará a ser a Xiaomi. Estou a escrever isto no meu Mi3 com quase 4 anos e que ainda esta semana recebeu o novo miui9. Até hoje não apresenta qualquer tipo de lentidão nem crasha, o mais caricato é saber que dei na altura 340 euros por ele e que ainda é um telemóvel perfeitamente à altura de tudo que aparece na PlayStore!

      Eliminar
  3. Os smartphones topos de gama estão mesmo a atingir preços obscenos...
    Enfim.

    ResponderEliminar
  4. Parece que afinal são mais caros que o Note 8

    ResponderEliminar
  5. O iphone SE custa atualmente +- 350€ para 32gb. O preço dele deverá baixar certo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No site da Apple (Portugal) diz que custa €419. Onde viste 350€?

      Eliminar
    2. Entao, na Worten, mediamarkt etc o preço normalmente deles é 350 (32gb)

      Eliminar
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  7. Os preços em euros desbloqueados ficaram (sem a versão Plus):
    - SE: 419
    - 6s: 539
    - 7: 649 (mais 110; 20%)
    - 8: 829 (mais 180; 28%)
    - X: 1.179 (mais 350; 42%)
    Há de facto uma grande diferença de preço entre o X e o 8, lançados na mesma altura (apesar do IVA "esticar" a diferença). A Apple quis fazer um iPhone de outro campeonato.
    Em 2018 haverá um 9 (modelo normal) e um XI (premium)? É possível, tão grande é a diferença entre o 8 e o X.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, também arrisco a dizer que para o ano ainda haja modelos "normais" e um "X-S"... e no ano seguinte, já provavelmente migram tudo para o novo look, apenas com tamanhos diferenciados (por essa altura também já o mercado de Android e low-costs terá enchido o mundo com modelos full-screen ou próximo disso, pelo que a Apple também não terá justificação para manter o design "antigo").

      Eliminar
  8. E 1 eur = 1,20 usd. Imagino quando o usd voltar para casa dos 1,05.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Apple não usa um câmbio diário dólar/euro. Faz uma estimativa para vários meses e mantem-no durante um período mais ou menos longo. Acho que já considerou uma descida do euro.

      Eliminar
    2. ... subiu, mas é mais provável que desça :)

      Eliminar
  9. Claro que não faz câmbio diário senão os 999usd seriam 832,50 eur. ;)
    O que eu estava a querer dizer é que o iphone x é muito caro e sai em 2017 quando o usd está a 1,20. Se tivesse saído daqui por 1 ano, quando se presumo que esteja próximo da paridade, que preço é que seria estimado para portugal? 1379 €?
    arhg :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aos €832,5 tinhas que somar 23% de IVA (os preços dos EUA são anunciados sem o equivalente ao IVA) e mais uns pós como a taxa do "disco".
      Mesmo fazendo essas contas, o X não chegava aos €1.179.
      Isso só pode significar que a Apple prevê uma descida do euro (a subida foi rápida).

      Eliminar
  10. Bom dia.
    O link na "actualização" dá erro.
    É propositado? :)

    ResponderEliminar
  11. Nisto dos preços não esqueçam que os preços em USD para os Estados Unidos não incluem o equivalente ao IVA deles. Sempre são mais uns 12% em média, dependendo do Estado.

    ResponderEliminar

[pub]