2017/09/09

Kodi abre guerra contra trolls das marcas registadas


Quando o mais popular software de media player alterou o seu nome de XBMC para Kodi, houve quem se apressasse para apanhar a oportunidade de negócio, registando esse nome como marca em diversos países e agora impedindo que outros o utilizem.

A internet é um espelho da nossa sociedade e, como tal, por lá se encontra de tudo: tanto coisas boas como, neste caso, más. Os responsáveis pelo Kodi vieram desabafar e partilhar publicamente uma luta que se tem passado nos bastidores, relativamente a alguns infelizes casos de pessoas que registaram a marca Kodi e agora impedem que outras pessoas lhe façam referência quando querem vender os seus produtos.

A táctica de registar nomes, marcas, domínios, etc. não é propriamente nova... mas nem sempre corre bem quando do outro lado se tem uma corporação que decida avançar para os tribunais para se apoderar deles em vez de aceitar pagar a "chantagem". No entanto, aqui ainda falta ver quais as opções legais existentes para combater detentores da marca registada Kodi nalguns países. Por exemplo, no Canadá, uma pessoa que até tinha tido algumas conversas "simpáticas" com a equipa (Geoff Gavora) acabou por se revelar um autêntico troll, perseguindo qualquer pessoa que ouse vender qualquer coisa que refira o Kodi... a não ser que lhe pague, obviamente. Não é propriamente o tipo de coisa que se espera de um projecto que está disponível gratuitamente e que criou uma imensa comunidade a nível mundial...

Por isso mesmo este primeiro passo consiste em dar a conhecer este problema, por forma a arrastar estes trolls das sombras para a praça pública; mas se estes personagens não se sentirem incentivados a cooperar e permitir a livre utilização do nome Kodi, fica a promessa feita de que a luta será levada para os tribunais.

... Não se perde nada em exterminar mais alguns trolls...

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]