2017/10/11

Oukitel compara o K5000 ao Galaxy S8

Os smartphones económicos com ecrãs "sem margens" começam a invadir o mercado, e a Oukitel tem mais um modelo neste segmento que não esconde as inspirações no bem sucedido Galaxy S8 da Samsung.


As marcas low-cost chinesas não tem hesitado em recorrer a todo o tipo de tácticas para promover os seus equipamentos. A Bluboo já comparou o ecrã do seu S2 ao do Xiaomi Mi Mix 2 e a Ulefone seguiu-lhe o exemplo, tendo feito exactamente a mesma coisa. A Umidigi por seu turno, preferiu o Galaxy Note 8 para comparar com o seu S2. A Leagoo foi mesmo a mais ambiciosa, tendo a audácia de comparar as câmaras do KIICAA Mix às do iPhone 6 e Galaxy S8+, mas o teste publicado deixou muito a desejar.

Agora é a vez da Oukitel com o seu K5000, o qual apresenta um ecrã de 5,7" com relação 18:9, valores quase iguais aos que o Galaxy S8 apresenta. Sim, vamos esquecer a parte do AMOLED. :)


Em termos de design, ambos contam com ecrãs curvos na frente e traseira, mas não é de esperar a mesma qualidade de materiais nos dois equipamentos.


Os 4GB de RAM e 64GB para armazenamento são comuns aos dois smartphones, mas não serão por certo capazes de igual desempenho, pois a Samsung utiliza chips de qualidade superior. O processador quase que é melhor nem falar, pois de um lado temos um Snapdragon 835 e do outro, um MediaTek MT6750T. Goleada, está visto.


Nas câmaras, não é o facto de ter sensores com mais megapixels, que vai garantir ao Oukitel K5000 melhores resultados.


Onde há efectivamente argumentos que pendem a favor do Oukitel é no preço e na bateria, que possivelmente se vai reflectir na autonomia, pois o Snapdragon 835 deverá ter um consumo superior ao do MediaTek e a bateria que este tem, apresenta maior capacidade que a do smartphone da Samsung.

São dois equipamentos que não se podem comparar, segmentos de mercado diferentes e públicos que procuram opções bem distintas.

9 comentários:

  1. Não gostei muito da forma como superiorizaste o S8 ao Oukitel, parecia um post patrocinado pela Samsung.

    A nível de características o S8 praticamente que só ganha no processador.

    Gostava de ver um teste de performance entre os dois telemóveis. Não duvido da qualidade de construção do Samsung mas pelo preço deste quase que consigo comprar 7 ou 8 Oukitel k5000.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A mim faz-me um bocado de confusão ver este tipo de equipamento acima de 500€, acho que é um exagero, acho que não valem isso e ainda por cima cada vez mais estamos a passar a fasquia dos 1000€(completo absurdo).

      Por isso que gosto destas marcas chinesas porque trazem verdadeira "concorrência" e dão a possibilidade de termos bons equipamentos por um bom preço.

      Eliminar
    2. Eu acho que não são necessários testes para concluir facilmente que o Oukitel não tem a mesma performance que o S8. Já há muito que se sabe que os processadores MediaTek não têm a mesma performance e são muito mais baratos que os Qualcomm porque a MediaTek não lhes dá suporte.
      Praticamente são telemóveis de usar e deitar fora, nem possibilidade há (e mesmo que a haja é muito pequena) de trocar de ROM e poucas ou nenhumas atualizações fazem.

      Eliminar
    3. Uma coisa é comparar a relação qualidade/preço entre ambos, e aí sim, é incomparável a vantagem dos modelos "low cost"... Mas de resto, nem sequer há comparações: do ecrã à câmara... não se está a falar de coisas comparáveis. (Se se justifica pagar 4x mais por isso, isso é que já fica ao critério de cada um; mas não esquecer que o S8 já se pode encontrar a menos de 570 euros...)

      Eliminar
  2. Uma coisa que me custa a aceitar são os comentário de " não são necessários testes para concluir facilmente que o Oukitel não tem a mesma performance que o S8" ou "Mas de resto, nem sequer há comparações: do ecrã à câmara...", estamos a falar de diferença dispositivos que custam 4x ou 5x mais, será que a performance/qualidade vem na mesma proporção?

    Uma coisa que critico é sem duvida o facto de estas empresas escolherem processadores MediaTek quando estes não dão o suporte devido. Mas por exemplo eu tenho um Lenovo Zuk Z2 que me custou perto dos 200€ e que a nível de qualidade/desempenho não fica a dever em nada a telemóveis de 500 ou mais euros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas porque te custa aceitar isso? Não poderá alguém achar que se justifica pagar mais x euros se achar que fica melhor servido?

      Também tens câmaras fotográficas de 50€ e 5000€... ou até objectivas que custam mais que isso... Quem somos nós para dizer que quem as compram não sabem o que fazem?

      Como digo, há que estar informado, e depois cada um que tome a sua decisão.

      Eliminar
  3. Acho é caro o Oukitel custar 159.99$. Monte de lixo.

    ResponderEliminar
  4. Já agr Carlos qual a tua opinião em relação ao Xiaomi mi A1?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu ainda está "a caminho". Pelo (curto) contacto que já tive com um, é excelente em termos de qualidade/preço - sendo que o facto de ter Android "puro" é o ponto a salientar.
      Coisas que poderiam ser melhores: a câmara, e ter um tamanho de 5.0-5.1" em vez de 5.5". :)

      Eliminar

[pub]