2018/01/03

Smartphones da Nokia continuam a crescer - mas feature phones ainda dominam

O regresso dos smartphones Nokia ao mercado, pela mão da HMD, está a ter resultados bastante positivos... mas ainda há um longo caminho a percorrer para que consigam superar os seus congéneres menos inteligentes: os features phones.

A aposta da HMD nos smartphones Nokia tem sido muito bem recebida, tanto por disponibilizar modelos que nos chegam com uma excelente relação qualidade/preço, como por apostar num Android praticamente intocado e com promessa de garantias disponibilizadas em tempo útil e de forma continuada (muitos dos modelos de 2017 já têm prometida a actualização para o futuro Android P que será lançado no final deste ano).

Isso é algo que se tem feito reflectir nas vendas, com a HMD a ter vendido 2.8 milhões de smartphones Nokia no terceiro trimestre de 2017, o que é praticamente o dobro dos 1.5 milhões de unidades vendidas na primeira metade do ano.

Ainda assim, e para colocar as coisas em perspectiva, mesmo já não tendo a expressão que tinha nos seus tempos áureos, nesse mesmo trimestre foram vendidos 13.5 milhões de feature phones Nokia; que parecem continuar a ter bastantes adeptos em diversos países.

É uma diferença substancial; mas com a chegada do novo Nokia 1 é de esperar que os smartphones Nokia possam continuar a roubar algum do mercado que habitualmente opta por um feature phone. Pelo menos, em termos de preço, o Nokia 1 deverá chegar com um preço bastante acessível, fazendo com que quem opte por um feature phone não o tenha que fazer devido a esse critério.

Sem comentários:

Enviar um comentário (problemas a comentar?)

[pub]