2009/02/04

Google Latitude - Vê por onde andam os teus Amigos

Como se fosse necessário para demonstrar que os serviços geo-localizados serão cada vez mais importantes, eis que o Google lança agora o serviço Google Latitude, que permite saber por onde andam os vossos amigos.

Vocacionado para os dispositivos móveis (Android, Blackberry, Symbian S60, Windows Mobile, e brevemente no iPhone) este serviço também pode ser usado no vosso browser.

Sem dúvida que este novo serviço será alvo de inúmeras críticas de todos os defensores da privacidade - mas relembro, que só o usa quem quiser... e se o facto de isto permitir ao Google recolher ainda mais dados sobre cada um de nós, não podemos esquecer todas as vantagens que um serviço deste tipo permite: saber por onde andam os vossos filhos, familiares e amigos, etc.

Fiquem com um vídeo exemplificativo:

3 comentários:

  1. Anónimo4/2/09 17:14

    Isto é uma espécie de "Big Brother@Phone" .. eheh

    ResponderEliminar
  2. Anónimo5/2/09 12:47

    Como defensor da privacidade, gostava só de chamar a atenção para um ponto que me arrepia muito: "saber por onde andam os vossos filhos"

    Parece-me que cada vez mais há mais gente a querer policiar (vs educar) os seus filhos. Chamo a atenção para que já constatei que ainda num universo reduzido, que as pessoas quando pensam "o que teria sido de mim se tivesse exposto a esse controlo" chegam à conclusão que há muitas coisas que não teriam feito (mas que não foram nefastas para a pessoa em questão).

    Com isto chamo a atenção aos educadores que não se devem tornar em ditadores dos filhos! Se o fizerem podem estar a comprometer o processo educativo de tal forma que estarão a exacerbar um problema já conhecido e grave que é a "infantilização adulta", ie, as pessoas chegam aos 18/21/... e ainda pensam como crianças. Porque digo isto? Porque os "educadores" estão a retirar espaço aos disparates que todos fazemos em idade própria.

    O mundo sempre foi inseguro, só que agora há mais informação sobre essa insegurança. Nunca ouvi dizer que o número de pedófilos aumentou, por exemplo. Só que agora a sociedade assume o problema.

    Face aos maiores de idade, para mim, é como está explícito no post: só usa quem quer. E se o twitter tem sucesso, é porque as pessoas querem (o twitter, este serviço do google e muito mais) mas isso é com cada um, desde que não me obriguem a usar nem me discriminem pela posição individual.

    ResponderEliminar
  3. @Anónimo

    Concordo com tudo que diz. A educação é de facto o factor essencial, e que não pode/deve ser descurado dando-se como desculpa todas estas novas tecnologias.

    Se é certo que todos temos que ter direito à nossa liberdade, muitos casos haverá onde estas novas tecnologias podem ajudar - e é nesse sentido que eu tento olhar para elas.

    Infelizmente, é apenas uma linha ténue que separa a utilidade destes serviços do seu (ab)uso para fins menos inofensivos - e cabe-nos a nós andar atentos para saber até onde aceitaremos ir; e estar sempre informado de todas as potenciais desvantagens.

    ResponderEliminar

[pub]