2010/01/11

Comparativo Touchscreens: iPhone, Nexus, Droid

Numa altura em que os dispositivos com touchscreen se tornam cada vez mais comuns, eis um simples teste que todos podem fazer para avaliar a qualidade dos touchscreens ao vosso dispôr.

Afinal, se o touchscreen não se comportar "à altura", põe em causa toda a expriência de utilização que se pretende ter.

Necessitam apenas de um programa básico de desenho (que normalmente está disponível de forma gratuita para todas as plataformas: iPhone, Android, Symbian, Windows Mobile, etc.) e desenharem, de forma muito lenta, linhas no ecrã do vosso telemóvel (ou outro tipo de aparelho.) Experimentem fazê-lo de várias formas: com pressão suave, e com mais força.



As linhas resultantes demonstrarão o comportamento do vosso touchscreen. O ideal será obter linhas rectas. As linhas onduladas e ziguezagueantes demonstram que o touchscreen tem pouca sensibilidade ou resolução, ou que a frequência de captura dos dados ou algoritmos de processamento estão aquém do desejado.
Outro ponto a ter em atenção: o comportamento das linhas quando se aproximam das margens do ecrã. Os cantos são pontos críticos que podem revelar falhas na detecção dos toques.

Nos modelos testados, vê-se que o iPhone tem um desempenho exemplar... excepto nas problemáticas zonas dos cantos e nas bordas.
Já os Androids, dependem mais da pressão com que se toca no touchscreen, mas no caso do Nexus One, não exibe qualquer problema nos margens e cantos.



DIY Touchscreen Analysis from MOTO Development Group on Vimeo.

3 comentários:

  1. Esta tinha que ler primeiro n´"A Bola" :D
    O tablet da Apple vai ter 3G e webcam
    http://goo.gl/28xX
    Alguém vai ficar muito chateado com o CEO da France Telecom/Orage por dizer isso. Aí pelos 6:20 do vídeo, é muito clara a referência à webcam. Por outro lado, se a Orange vai comercializar o tablet, tem que ter 3G.
    http://goo.gl/9QQ7
    A primeira parte da entrevista, em francês, também é interessante porque a France Telecom tem tido um processo de reestruturação e de mobilidade de pessoal que tem levado a um número anormal de suicídios. A resposta deste CEO é investir nas condições de trabalho como faz o Google.

    ResponderEliminar
  2. ... Orange (em vez de Orage)

    ResponderEliminar
  3. Já li que utilizadores do Droid tinham repetido a experiência e conseguido linhas direitas.. Também deve depender de cada um, conforme a prática que tem em lidar com a sensibilidade do se ecrã.

    ResponderEliminar

[pub]