2010/07/08

YouTube Mobile e Leanback

O Google volta a atacar na vertente das Web Apps, e de certa forma dá mais uma "machadada" na Apple e na sua App Store.
O Google remodelou o site mobile do YouTube e encheu-o de novas funcionalidades, algumas das quais nem estão presentes nas Apps tradicionalmente utilizadas para ver estes vídeos (como a sugestão de pesquisas assim que se começa a escrever uma palavra, ou o suporte para o "like/dislike" - que no iPhone continua a utilizar o velho método das estrelinhas) e mostra que o Google não está mesmo disposto a esperar pela Apple (que tem tardado em lançar actualizações para o YouTube, Maps, etc.)

Desta forma passa a haver também uma maior consistência na forma de utilização: quer estejam num iPhone ou num Android... e... viva o HTML! :)

YouTube Mobile





Mas... não pensem que foi só o mobile que teve direito a atenção especial. O YouTube começa também a apontar armas às televisões, e tem agora um novo modo: o  YouTube Leanback.

É um modo experimental que rapidamente vos permite ver os vídeos mais "aconselhados" pelo Google, com base nas vossas preferências, partilhas dos vossos amigos, etc... Enfim, um "canal" personalizado só para vocês e que evita terem que se chatear com o que quer que seja; é ligar e ver...
(Claro que continuam a poder pesquisar pelos vídeos que quiserem.)

5 comentários:

  1. Achei super bacana esse novo YouTube móvel. Bate, inclusive, o app dedicado disponível em várias plataformas, como o do Symbian (vi no tudocelular: http://www.tudocelular.com/Musica-e-MP3/noticias/n22964/google-youtube-mobile-novidades.html ).

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Este novo youtube mobile está fantástico.
    Em relação ao Leanback, prefiro o antigo
    http://www.youtube.com/xl

    ResponderEliminar
  4. Realmente... está mesmo muito melhor por site que pela aplicação que o iPhone tem. Dá que pensar no assunto. Porque será que a app não evolui à semelhança do site mobile? Estranho...

    ResponderEliminar
  5. Sendo uma App nativa que vem com o "sistema"(e da responsabilidade da Apple) já se sabe que não poderá nunca ser actualizada ao ritmo a que o Google tem andado; daí a opção pela "web app" do Google, que assim pode ser actualizada em tempo-real sem mais chatices.
    Só não sei pq motivo a Apple não implementou o "inline" viewing dos videos youtube nas páginas, no iPhone 4, como fez no iPad. O CPU é o mesmo, e até tem mais ram...

    ResponderEliminar

[pub]