2011/10/19

Google Android Ice Cream Sandwich e Galaxy Nexus


O Google já apresentou as suas novas "armas" para conquistar cada vez mais clientes no importante sector mobile: a mais recente versão do seu sistema operativo Android Ice Cream Sandwich e o seu novo smartphone "de topo" Galaxy Nexus.




Arrisco-me a dizer que este terá sido um dos mais importantes passos alguma vez dados pelo Google e pelo Android, já que - como tinha referido anteriormente - o Google parece ter passado da fase de desenvolvimento acelerado (e necessário)... para uma fase de maior atenção aos detalhes, com um interface com visual mais cuidado e mais fácil de utilizar - a par de algumas interessantes novidades que irão agradar a todos.


O Galaxy Nexus

Para quem procurar um smartphone Android para ficar servido para o próximo ano, o novo Nexus não irá deixar ninguém indiferente, com um ecrã Super AMOLED de 4.65" e uma resolução HD de 1280x720. O tamanho "gigante" não se faz notar tanto, uma vez que desaparecem os botões físicos, que passam agora a estar "no ecrã" à semelhança do que acontecia com os tablets Honeycomb. O Google continua a manter um design curvo neste equipamento, que pretende torná-lo mais ergonómico.

A nível do processamento temos um CPU TI OMAP4 dual-core a 1.2Ghz, acompanhados por 1GB de RAM e duas câmaras (a principal "apenas" de 5MP - embora ofereça fotografias "instantâneas" e sem atrasos). Podemos também contar com todo o tipo de "extras" que se poderiam esperar: Bluetooth, WiFi, GPS, NFC, giroscópio, barómetro... etc.
Pena é que a nível das ligações 3G/4G passem a existir diferentes modelos, conforme a região, para redes HSPA+ (3G) e LTE (4G).

Mas, mais que o hardware em si, as grandes novidades surgem com o novo Android.


O Android Ice Cream Sandwich

Há muita coisa nova no Android ICS. Muitas delas serão conhecidas de quem já viu o Honeycomb em funcionamento, e que o Google admitiu ter servido como um "remendo feito à pressa" (e sendo esse o motivo pelo qual não o tornou open-source).

Mas, agora com este Android 4.0 Ice Cream Sandwich, a coisa parece estar bem feita e ser um excelente ponto de partida para a unificação da plataforma em smartphones e tablets e... para a criação de Apps com cada vez maior qualidade.

Como já referi antes, os botões de hardware desaparecem sendo agora substituidos por botões on-screen mais versáteis. Mas, essa é apenas um das muitas alterações que agora incluem:

  • widgets redimensionáveis - e agora surgem organizados numa tab própria a par das Apps
  • poder alterar as Apps na dock 
  • criar pastas mais facilmente (arrastar Apps para cima de outras, à iOS)
  • tarefas em multitasking com screenshots - que agora podem ser terminadas com um simples swipe (à WebOS ;)
  • transcrição de voz em tempo real (o texto vai aparecendo à medida que é falado) no teclado
  • reconhecimento facial para desbloquear o smartphone (embora tenha funcionado mal durante a apresentação. :)
  • câmara fotográfica "sem atrasos" e auto-focus contínuo - e com edição de fotos "de origem", fotos panorâmicas, gravação de vídeo com zoom alterável durante a gravação
  • Possibilidade de tirar screenshots do ecrã (pressionar o botão de power e volume down)
  • novo cliente Gmail melhorado - deixa de haver opções "escondidas" que muitos utilizadores nunca chegam a ver
  • Android Beam - permite transferir conteúdos entre Androids via NFC
  • Lista de contactos melhorada - com App de gestão "social"
  • Controlo do tráfego de dados (discriminado por App!) - e possibilidade de definir o limite de dados utilizados
  • Teclado melhorado (com copy-paste também melhorado)
  • Pinch-to-zoom no calendário
  • Acesso directo a Apps a partir do Lockscreen, assim como ver notificações
  • Browser com 16 tabs, e possibilidade de funcionar em modo "desktop"
  • Possibilidade de desactivar Apps instaladas pelos operadores (não as desinstala mas... é melhor que nada)

Ou seja... muitos melhoramentos bem interessantes!


7 comentários:

  1. Infelizmente parece que continua a faltar algo de muito básico, suporte interno no Android para Proxy Servers... vamos lá a ver se é para a próxima versão.

    ResponderEliminar
  2. Isso e suporte nativo a VOIP...

    ResponderEliminar
  3. Fiquei com ideia de que este ICS tem muitas coisas "copiadas" de outros SOs. Principalmente o Meego Harmattan.

    Mas, parece-me que Android está a ir num bom caminho.

    ResponderEliminar
  4. O teaser que andou por aí antes da apresentação parecia fazer prever um telemóvel espectacular a nível estético. Afinal saiu isto, um design totalmente banal...

    ResponderEliminar
  5. Tirando o ecrã o Galaxy Nexus é completamente desapontante.

    Já quanto ao Android ICS pelo menos para mim chegou a um ponto em que finalmente o Android se tornou a plataforma mais atractiva.
    Para mim é muito importante poder costumizar o look dos meus aparelhos como quiser (tenho Linux instalado por causa disso e ando sempre a brincar com isso no Windows) e o Android é o único OS que oferece essa possibilidade sem ser preciso fazer jailbreaks e afins.
    Ainda acho que tem alguns problemas enquanto plataforma mas parece-me cada vez mais próximo de os resolver.

    Agora vou esperar para ver o que a Samsung vai fazer com o SGSIII. :)

    Se o Android parece ter ido buscar coisas a outros OS é porque quem é o responsável pelo "look" do Android é o Matias Duarte, que foi quem desenhou o WebOS. O swipe para matar tarefas e notificações foi inspirado no WebOS (tal como o QNX da balckberry e o WP7 também foram lá buscar inspiração), para além disso foi buscar os conceitos de folders do iPhone.

    ResponderEliminar
  6. buscar os conceitos de outras plataformas para mim não tem problema nenhum, desde que ofereça uma experiência melhor

    ResponderEliminar
  7. Está simplesmente FABULOSO!!!!!
    ;)

    ResponderEliminar

[pub]