2014/06/30

BlackBerry tenta manter-se relevante lançando "Fact Check"

A BlackBerry tem atravessado momentos difíceis, mas continua a fazer os possíveis por continuar a fazer com que se fale nela. A sua última iniciativa já está a ser rotulada como uma manobra de desespero por alguns, mas diz que irá apresentar os factos como eles são.

Este BlackBerry Fact Check Portal é um local onde a empresa irá rectificar as informações - nem sempre correctas - que vão aparecendo na internet (certamente referindo-se a notícias como esta: BlackBerry consegue 0% de quota de mercado).

É certo que não faltam interessados em que por vezes se passe uma imagem mais negativa de uma empresa do que a que ela tem na realidade; mas quando se chega a um ponto em que uma empresa tem que fazer um "comunicado" de que passará a chamar a atenção para esse "factos"... não deixa realmente de ser uma posição de inferioridade. Mas pelo lado positivo, sempre é melhor do que lançar campanhas tipo Scroogled da Microsoft, que se focam em falar mal dos concorrentes (já para não falar nas tabelas comparativas criativas que por vezes usava para mostrar a superioridade do Internet Explorer face ao Chrome e outras).

O que é certo é que, tal como a Nokia, a BlackBerry acaba por ser vítima da sua própria falta de visão, e de se ter convencido que estava num patamar inatingível face a concorrentes "novatos". Agora... a questão não é apenas sobreviver... é tentar convencer todo o mundo de que ainda não estão efectivamente mortos.


P.S. Não será uma amostra estatisticamente relevante, mas há meia dúzia de anos atrás tinha uma dezena de amigos que usavam BlackBerry... hoje em dia, o único que ainda permanece com um disse-me precisamente da última vez que falámos: "estou a tentar convencer o patrão a deixar-nos trocar por outra coisa".

9 comentários:

  1. Penso que os utilizadores ainda não se
    aperceberam das potencialidades do bb10.
    O z10 q10 e o z30 são bons smartphones .
    Não há é muita oferta de terminais e bons preços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. não me fales do bb10. tenho que dar suporte a 1... credo.

      Não ha apps de jeito, a manipulação de menus é tipo... versão alpha (ha situações em que acabar por ficar encravado, por exemplo, na edição de um contacto, etc)

      etc etc etc.

      já foram a melhor coisa que havia. já. até ha uns 5 anos.

      Eliminar
  2. Não concordo quando dizes "ainda". Diria antes " nunca os utilizadores se vão aperceber". A BB está morta e só alguém ( Apple, Microsoft...) comprando é que poderá renascer.

    ResponderEliminar
  3. Fui eu que disse isso :P e o maior tiro no pé da BB foi quando lançou o BB10 e porque o BB10 usa o QNX e um sistema de sincronização muito diferente do anterior, obrigou que as empresas com BES tivessem de actualizar o servidor e pagar 99$ por cada dispositivo!!!! Obviamente que a minha empresa não esteve para isso sendo que já vão aceitando IPHONE que eu não queria usar (caro para o que é e não tem microusb) e não aceitam android :( nem os novos BB10.

    Eu por mim ficava com o Z3 que vai sair que servia bem. Os novos BB que vão sair estão finalmente com preço justo tendo em conta as specs. Além disso em BB10 já dá para por aplicações android.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. bem.. essa, da sincronização foi das poucas que fizeram direito.. pelo menos agora ja liga directamente aos exchanges

      Eliminar
  4. Amigo Nuno , o bb10 não foi um tiro no pé, o momento é que não foi o melhor, senão vejamos:-a blackberry viveu anos com o OS 4.5, 4.6, 5, 6, 6.1, 7, e 7.1 e por aí afora, mas o mundo dos smarthphones já era táctil e eles achavam que o teclado ainda ía dar cartas. Reparem na loja de aplicações para o OS 7 e anteriores, onde as aplicações são desfasadas e não acompanharam, as apps atuais. A certa altura (e já tarde) surge o BB10 onde se pode ver um OS atual, moderno, diferente, com potencial mas onde faltam smarthphones baratos para as massas onde reina o android!!!
    Como se dá a volta a isto:- com fez a google em 2009, com telefones desde 70 a 700 euros para todos os gostos e com apps para blackberry 10 que já se encontram no ios , wphone e android. O bb10 não foi um tiro no pé, mas sim um passo enevitável que tinha que se dar. pensar que deixar estar é que era, acontecia o mesmo que a nokia no symbian.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Amigo José não entendeste o que disse, não foi o BB10 que foi o tiro no pé foi o cobrar mais 99$ por dispositivo e obrigar as empresas com BES a ter de actualizar para poder funcionar, foi isso que disse. Podes ver pelo resto do comentário que queria ter umn BB10 as empresas que têm BES é que não estão para pagar a actualização.

      Eliminar
  5. Tenho pena da BB, os telemóveis deles sempre me pareceram fixes (tirando um ou outro modelo mais questionável). Acho que deviam ter acompanhado o android melhor, ou feito um OS capaz de competir. Eles deviam ver o que o mercado deles precisa (empresas e tal) e tentar optimizar ao máximo os aparelhos para esse mercado.

    ResponderEliminar
  6. Ok peço desculpa porque li mal a coisa!!!! No resto estou de acordo....taxas elevadas para o bes 10.!!!!

    ResponderEliminar

[pub]